Por que o gato ronrona?

4 de março de 2021

Gatos
gato ronrona com a boca aberta para a foto

É um clássico se perguntar o que o pet está sentindo quando o gato ronrona. E de primeira, surge a dúvida: o que faz o gato ronronar? Esse barulhinho dos felinos, tão agradável e até terapêutico para os humanos, reúne diversas curiosidades.

A ciência diz que o ronronar do gato cura possíveis enfermidades no bichinho e estudos já descobriram como ele acontece. Quer descobrir?

Por que o gato ronrona?

O mistério acabou! Um gato ronrona graças ao conjunto ósseo que ele possui na garganta, mais especificamente o hióide. No momento que o felino respira e expira, o ar bate nos músculos causando a vibração.

E tem mais, o som não significa sentimentos bons apenas para os humanos quando escutam o rom rom. Um gato ronrona em diversas situações, principalmente quando está feliz, aproveitando o momento e a comunicação é sinônimo de tranquilidade.

Um gato ronronando dormindo mostra que o bichano está calmo e prova que o sono está ótimo! Outro clássico é o gato ronronando no colo, pura paz para o bichinho e o seu dono.

Como saber se o seu gato gosta de você?

um gato que ronrona da raça bengal

O ronronar do gato é comum nas horas de afago, mas além desta forma de comunicação, os bichinhos mostram seu amor através do olho, das brincadeiras e principalmente quando esfregam nas pernas dos seus tutores com um miado calmo.

Por mais que os eles não sejam tão expressivos como os cães, é um mito que eles não demonstram carinho e afeto.

E quando o gato ronrona alto?

Um gato ronronando e miando pode ser fome. É normal o felino se mostrar inquieto quando está chegando a hora de comer. além disso, o animal demonstra irritabilidade quando sai da sua rotina ou está desconfortável fisicamente.

Então se o pet estiver estressado, vale levar ao veterinário para um check-up de saúde.

O poder terapêutico dos gatos

Uma pesquisa realizada na Universidade de Minnesota com 4.000 pessoas mostrou que donos de gatos têm menos chances de ter problemas cardiovasculares. A pesquisa aponta que a presença dos felinos diminui o estresse dentro das casas.

Outro fato interessante é a cura por associação, visto que o ronronar do gato é relacionado a momentos bons, positividade e por isso conseguem até aliviar enxaquecas.

Já a obra da francesa Véronique Aïache, “La Ronron Thérapie”, se baseou em pesquisas e no cotidiano dos tutores de pets para provar que o dia a dia com um gatinho tem vários benefícios.

Um meio de comunicação entre a fêmea e os filhotes

A dor do parto para as fêmeas também se torna mais suportável quando o gato ronrona, ou seja, é uma forma de escoar o desconforto durante o nascimento dos filhotes.

E depois do parto, o som é guia para os pequeninos. É através dele que a mãe sinaliza sua presença para tranquilizar os filhotes que ainda não enxergam.

O ronronar dos gatinhos é puro charme, mas esteja sempre de olho na saúde do seu pet para identificar quando o som é um alarme para outros problemas. De resto, aproveite o rom rom para fazer carinhos extras no bichinho.

Agora tem mais conteúdo sobre o universo dos gatos para você! Vamos escolher o próximo?