Gerânio: Conheça tudo sobre a planta

Compartilhar:


detalhe pétala de gerânio rosa
A cor rosa do gerânio é raro no Brasil.

O Gerânio é uma planta originária do continente africano e tem como principal característica a cor e o brilho de suas pétalas. Conheça tudo sobre umas das plantas mais desejadas em questão de jardinagem e decoração.

O que é o Gerânio?

O Gerânio é uma planta que faz parte da família das suculentas, conhecidas popularmente por sua semelhança com os cactos. Além da cor e perfume característico de suas pétalas, ela é famosa por ser uma espécie de planta perene, ou seja, com floração acontecendo durante todo o ano.

Quais são os tipos de Gerânios?

No mundo existem mais de 300 tipos de gerânios diferentes. Apesar disso, no Brasil as espécies mais comuns são: o Gerânio ereto (Pelargonium Hortorum) e o Gerânio pendente (Pelargonium Peltatum).

A principal diferença entre esses dois tipos de gerânios é no crescimento da planta. No Gerânio pendente, as folhas formam uma espécie de cascata, ideal para decorar janelas e varandas. Já no Gerânio ereto, elas se desenvolvem na vertical, formando lindas floreiras.

Qual a cor das flores de Gerânio?

Você sabe quais são as cores das flores de Gerânio encontradas no Brasil? As mais comuns são as amarelas e brancas. Mesmo sendo mais raras, ainda é possível decorar a sua varanda com flores nas cores vermelha, rosa e roxa. Combiná-las cria um visual incrível!

Como cultivar Gerânios?

mulher mexendo no vaso de gerânio
O cuidado com o solo é essencial para o cultivo do gerânio.

Uma das grandes vantagens dos gerânios é que elas são plantas versáteis e muito fáceis de cultivar. O apaixonado por jardinagem pode escolher entre vasos, jardineiras e até plantá-la diretamente no solo. O que vale mesmo é a criatividade e os cuidados para que ela cresça saudável. Confira o passo a passo!

Aprenda como cuidar de Gerânios

Para cuidar bem do seu Gerânio, o primeiro passo é saber sobre a origem da planta. Por ser uma espécie nativa da África, ela não se desenvolve muito bem em locais com temperaturas muito baixas. A melhor condição climática para ela é a combinação de calor, sol e pouca água.

1. Escolha o lugar ideal para a planta

O cultivo e os cuidados com os gerânios começam pela escolha do lugar onde a planta vai ficar. Por precisar receber, pelo menos, 4 horas de sol direto por dia, o indicado é deixá-la próxima às janelas, varandas ou em pequenos jardins.

2. Vaso e adubação

Itens muito importantes para garantir o bom crescimento de sua planta são a seleção do vaso e do substrato usado para adubação. Por ser uma planta de climas desérticos, o ideal então é apostar em vasos de cerâmica e com furos em sua base para facilitar a drenagem do solo e preservar a raiz da planta.

No quesito adubação, os gerânios precisam de substratos e adubos ricos em materiais orgânicos. Uma boa ideia é misturar a terra com húmus de minhoca. A planta vai adorar. Para fazer a adubação periódica, NPK 4-14-8 é um composto orgânico líquido rico em fósforo, o que permite um crescimento saudável do seu gerânio.

3. Cuidados com a rega do Gerânio

A rega do Gerânio pode ser dividida de duas formas. Entre o plantio e o aparecimento das folhas, o ideal é fazer a rega com maior frequência. Após o seu nascimento, o procedimento deve ser realizado apenas quando o solo está seco. Lembre-se, o excesso de água faz mal para elas.  

4. Podas e doenças

Os gerânios são plantas sensíveis à ferrugem do pelargônio, uma espécie de fungo que ataca as folhas das plantas que estão em locais mal ventilados. Por isso, ao perceber manchas marrons no interior das folhas, faça a poda dela para preservar a saúde da planta.

Você já cultiva Gerânio em casa? Compartilhe nos comentários como tem sido a sua experiência!

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário