Glicopan Pet: como usar o suplemento para animais

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:
Cachorro esperando para tomar glicopan pet

O Glicopan Pet é um medicamento usado em diversos animais de estimação como suplementação. A lista inclui desde caninos até felinos, aves, répteis e roedores. Saiba mais sobre a composição do remédio, suas características, para que serve e como usá-lo no seu pet para obter resultados. Antes de iniciar a suplementação, procure um veterinário para realizar avaliar o animal e indicar a utilização.

Para que é indicado o Glicopan Pet?

Essa medicação é utilizada em animais que estão com falta de vitaminas, em condição nutricional inadequada por conta de doenças, falta de alimentação ou problemas psicológicos. Um benefício do Glicopan Pet é estimular o apetite de animais que precisam se alimentar melhor ou que não costumam comer o necessário para uma dieta adequada. 

A suplementação é um mix de aminoácidos, vitaminas do complexo B e glicose. Ele é liberado para animais que participam de concursos de exposição ou estão em treinamento.

Composição do suplemento

Segundo a bula Glicopan Pet, o suplemento possui:

  • vitaminas B1, B12, B6;
  • colina;
  • pantotenato de cálcio;
  • ácido aspártico;
  • ácido glutâmico;
  • alanina;
  • arginina;
  • betaína;
  • cisteína;
  • fenilalanina;
  • glicina;
  • histidina;
  • isoleucina;
  • L-carnitina;
  • leucina;
  • lisina;
  • metionina;
  • prolina;
  • serina;
  • tirosina;
  • treonina;
  • triptofano;
  • valina;
  • glicose.

Como usar o Glicopan?

Embalagem glicopan pet

Esta medicação suplementar pode ser usada via oral através de gotas direto na boca do animal, adicionada no alimento ou no potinho de água, respeitando a quantidade descrita abaixo. 

Para cães, gatos e répteis, o indicado é 0,5mL por quilo ou 7 gotas por quilo, duas vezes ao dia, sendo a dose máximo 40mL.

Para aves e roedores a administração deve ser de 1mL ou 15 gotas, diluído em 100mL de água, ou 3 a 4 gotas, uma vez ao vida, diretamente na boca do pet.

Deficiência de vitaminas em cachorros e gatos

Qualquer vitamina em excesso pode causar problemas de saúde no pet, assim como a falta delas. Estes compostos orgânicos são essenciais nas reações químicas do corpo. Ausência de vitamina B1, essencial na síntese e metabolismo dos carboidratos, causa problemas cerebrais como visão prejudicada e pupila dilatada com frequência, por exemplo.

A ausência de vitamina B12, presente nas células do sistema nervoso, medula óssea e trato gastrointestinal, causa anemia e problemas intestinais. Para identificar uma deficiência nutricional, fique de olho se o pet está com falta de apetite, língua com coloração estranha, dermatite e redução da temperatura. 

Agora, entenda melhor como determinados compostos atuam na saúde do seu companheiro:

  • Arginina: importante no ciclo da ureia, auxilia na produção da urina;
  • Treonina: fonte de energia e proteína muscular;
  • Triptofano: é um neurotransmissor;
  • Leucina: atua no processo de crescimento e reparo muscular;
  • Isoleucina: participa da síntese da hemoglobina, reguladora da glicemia e coagulação;
  • Taurina: essencial para a visão do pet, função muscular, incluindo a parte cardíaca.

É importante observar a tabela nutricional da ração do animal para entender se ele está recebendo todos os nutrientes necessários.

Conheça o Glicopan Pet

Atualmente você encontra embalagens Glicopan Pet em frascos de 30mL, 125mL, 250mL. Lembre-se que antes de administrar qualquer medicamento, mesmo que suplementar, é necessário consultar um veterinário para entender quais as reais necessidades do seu amigo.

Veja mais conteúdos interessantes para cuidar da saúde do seu pet:

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário