Insuficiência renal em gatos: causas, sintomas e tratamento

1 de abril de 2021

Saúde e Cuidados
veterinário tratando insuficiência renal em gatos

O cuidado com os rins dos felinos deve ser maior, isso porque a insuficiência renal em gatos é uma doença comum que afeta diretamente as funções do organismo dele. Mas afinal, por que isso acontece e como reduzir as chances do pet ter problemas renais

Para falar sobre o assunto, convidamos alguém que entende tudo sobre gatos, o veterinário da Cobasi, Marcelo Tacconi. 

Insuficiência renal em gatos: um problema comum

O primeiro passo é entender o que acontece com os rins do pet quando doenças como a insuficiência renal em gatos aparecem. “Essa doença ocorre quando há diminuição e agressão da função de aproximadamente 75% dos rins. Ela pode ser aguda (IRA) ou crônica (IRC), sendo a IRA quando ocorre súbita e rápida perda da função renal e IRC quando esta perda é lenta, progressiva e irreversível”, explica Marcelo.

Em partes, a propensão está ligada ao número de néfrons, unidade funcional básica do rim que auxilia na fabricação da urina. No caso dos felinos, a quantidade é quase 2 vezes menor que nos cães. Sendo assim, com o passar dos anos, os bichanos acabam tendo problemas mais cedo. 

Além da velhice, as causas mais comuns da insuficiência renal em gatos são: 

  • Ingestão de alimentos tóxicos;
  • Câncer;
  • Descendência de raças como Persa e Angora;
  • Pedras nos rins;
  • Alimentos com alto nível de proteína e fósforo.

Quais os sintomas de insuficiência renal em gatos?

felino com sintomas de insuficiência renal em gatos

Na maioria dos casos, os diagnósticos acontecem na 2ª e 3ª etapa da doença e os sinais acabam passando despercebidos pelos tutores. Sendo assim, é fundamental levar seu bichano ao veterinário caso perceba qualquer mudança de comportamento.

Entre os principais sintomas de uma insuficiência renal em gatos estão: 

  • Emagrecimento;
  • Vômitos e diarreia;
  • Desidratação.

Outras características das doenças renais são avaliadas com maior clareza nos exames, como a anemia e a hipertensão. O diagnóstico costuma ser feito através de um hemograma completo e coleta de urina.

Como proteger o pet de doenças renais?

A IRC, insuficiência renal crônica, é uma patologia que não tem cura. “Sendo assim, o tratamento visa controlar a qualidade de vida do animal e retardar a progressão da doença, se possível”, ressalta o veterinário da Cobasi.

Hoje já existem diversas opções de ração para gato com problema renal, outra dica é sempre misturar ração úmida, pois ajuda na ingestão de líquido. Por fim, ao invés de oferecer água em potinhos normais, aposte nas fontes para gatos que são mais atrativas para o bichinho.

Quanto tempo vive um gato com insuficiência renal?

A resposta para o tempo de vida de um gatinho com problemas renais costuma variar, visto que quanto antes for diagnosticada a patologia, melhor para o animal. Se estiver em estágios avançados, o pet pode não resistir.

Resumidamente, os exames periódicos são ideais para acompanhar a saúde renal do gato. Para animais que possuem mais de 7 anos, a recomendação é realizar com frequência avaliações de check-up, assim você impede que doenças como a insuficiência renal em gatos acabem fragilizando o bem-estar do seu melhor amigo.

A Cobasi é especialista em saúde felina, então que tal aprender mais sobre os gatinhos? Veja mais conteúdos: