Mini coelho: aprenda tudo sobre essa fofura

24 de março de 2021

Coelho, Outros animais
Mini coelho

Que coelhos são animais fofinhos, ninguém duvida. Mas você já viu, ou pelo menos já ouviu falar, do mini coelho? O que esse bichinho tem de pequeno no tamanho, tem de enorme em graciosidade e fofura!

Neste artigo vamos falar mais a respeito desse pet que vem ganhando cada vez mais espaço nos lares do Brasil e do mundo, conquistando pessoas de todas as idades. Vamos começar!?!

Coelho anão ou mini coelho

Imagine toda a fofura de um coelho concentrada em um pequeno corpinho de pelagem macia e muito bonita. De derreter o coração, não é? Agora, acrescente a esse corpinho fofo algumas características como inteligência, bom humor, docilidade e afeto com os tutores. Essa explosão de fofura é tudo o que você encontra num coelhinho anão, também chamado de mini coelho.

Muito afetuosos e interativos, esses pequeninos estão ganhando cada vez mais espaço nos lares de todo o mundo por conta de pessoas que adoram animais, mas não têm tempo para passeios ou moram em apartamentos muito pequenos.

Apesar de mais fáceis de cuidar, esses pets também exigem gastos, atenção – principalmente com brincadeiras e limpeza – espaço adequado. Falaremos mais adiante!

Características do mini coelho

Características do mini coelho

Como o próprio nome diz, esse tipo de coelho fica menor do que o coelho convencional, mesmo na idade adulta. Isso não quer dizer que ele não cresça, apenas que seu tamanho depois de se desenvolver é menor do que o tamanho de um coelho de espécies e raças convencionais.

Por exemplo, um coelho de tamanho convencional pode pesar até 16 kg, enquanto o mini coelho fica menor do que isso na idade adulta. Quando sentadinho, o mini coelho costuma chegar aos 35 cm de altura.

Mas é no comportamento mesmo que o mini coelho se diferencia dos coelhos convencionais. Esses animais são extremamente inteligentes, dóceis e muito apegados aos seus tutores. Por isso, se você estiver considerando receber um mini coelhinho em casa, prepare-se para doses diárias de chamego e muito carinho! Isso também significa que você deverá ter algumas horas do dia destinada aos seus cuidados!

Como cuidar de um coelho

É verdade que um mini coelho não dá muito trabalho para ser cuidado. Afinal, ele não faz barulho, não precisa ser levado para passear na rua e não precisa tomar banho, pois faz a sua própria higiene. Porém, esse pet exige outros cuidados.

Um deles é a limpeza adequada da gaiola! A limpeza da gaiola, aliás, é um dos fatores mais importantes no cuidado com os mini coelhos. É preciso limpar diariamente, e substituir o substrato de acordo com as orientações da embalagem do produto escolhido.

Uma questão muito importante é o tipo de gaiola escolhida para o mini coelho. É preciso que ela tenha uma grade no fundo, que permita a passagem da urina e das fezes, mas também que cerca de ⅓ seja coberto por uma madeira, tornando o piso liso e adequado para o descanso do coelhinho. Não se esqueça da casinha e dos brinquedos!

Alimentação do mini coelho

Alimentação do mini coelho

A alimentação do mini coelho deve ser feita, prioritariamente, com uma ração própria e específica para ele. Além disso, pode ser complementada com verduras escuras (como beterraba, as raminhos da cenoura, couve e rúcula, por exemplo), feno, para ajudar no bom funcionamento do intestino, e pequenos pedaços de frutas (in natura ou desidratadas) e cenoura.

É claro que, se você decidir receber um mini coelho na sua casa, vai precisar fazer consultas regulares com um médico veterinário. Ele é o profissional mais indicado para dar todas as orientações para você cuidar bem do seu coelhinho, inclusive no que diz respeito a quantidade e frequência das refeições.

A água deve ser abundante e estar sempre limpa e fresca. Opte pelo bebedouro do tipo garrafinha, para evitar que o pet se molhe ou que fique água acumulada na gaiola ou no comedouro.

Passeios e exercícios para o coelho

Por mais que você não vá levar seu coelhinho para passear na rua, ele precisa sair da gaiola todos os dias, pelo menos uma vez, para sessões de carinho, brincadeiras e exercícios com você.

Ao abrir a gaiola, tenha certeza de que o pet está seguro, que não haja nenhum buraquinho onde possa se esconder e, também, que não tenha fios ou outras coisas do tipo que ofereçam risco para ele ao morder.

Que tal experimentar ensinar alguns truques para o seu mini coelho? Esses animaizinhos são muito espertos e inteligentes. Temos certeza de que você vai se surpreender!

Continue sua leitura com alguns artigos que separamos para você: