O que fazer quando o cachorro avança no dono?

Compartilhar:


Cão bravo e rosnando

O que fazer quando o cachorro avança no dono? Se alguma vez você já teve esse tipo de questionamento, após seu cão avançar sem motivo aparente, está na hora de compreender o comportamento anormal.

Tutores responsáveis devem ter atenção ao comportamento do pet em todos os momentos. Assim, é mais fácil entender a origem do problema. Confira algumas das principais causas que tornam o cão agressivo.

Cachorro avançando nas pessoas: o que pode ser?

A agressividade é um problema de comportamento e não uma característica do animal. Por mais que algumas raças tenham personalidade dominante, não significa que sejam bravos por natureza.

Problemas do tipo são causados por uma série de fatores, como:

  • Mudanças na rotina
  • Estresse e ansiedade
  • Medo
  • Falta de exercícios
  • Solidão
  • Sentimento de possessão por objetos, comida, familiares, tutores, etc
  • Maus tratos
  • Falta de água ou ração
  • Socialização e sociabilização inadequadas
  • Problemas de saúde

Verifique se o pet está retraído, estranha o dono e tenta morder quem se aproxima. Nesses casos, quando o cão avança do nada, é possível que esteja com algum problema de saúde ou dores.

No entanto, se os episódios forem esporádicos, algo novo na rotina é a causa do incômodo.

O que fazer quando o cachorro avança no dono?

Antes de avançar, o pet rosna, fica com o corpo enrijecido e mantém o contato visual fixo. Nesses casos, não faça movimentos rápidos e aja naturalmente. Se o pet demonstrar que vai avançar, tente distraí-lo e não faça contato visual.

Maneiras de evitar o problema

Seja o problema recorrente ou não, é fundamental procurar ajuda, porque atitudes do tipo não são comuns. Procure veterinários especializados em etologia canina, responsáveis por avaliar o estado de saúde do pet.

Além disso, fique sempre atento à rotina.

Uma das maneiras sobre o que fazer quando o cachorro avança no dono, é diminuir os níveis de estresse. Estabeleça horários para cada atividade. Inclua passeios, brincadeiras com os brinquedos favoritos do cão, para estimular seu comportamento e aliviar a ansiedade.

Em hipótese alguma, brigue com o pet, física ou psicologicamente, porque essas atitudes deixam o cão ainda mais nervoso.

Qual momento ideal para o adestramento?

Cão mostrando a língua, com aparência feliz

A melhor forma de evitar que o cachorro avance é com adestramento, sociabilização e socialização, feitos desde as primeiras fases da vida do animal.

Ao garantir a educação do filhote, quando adultos, eles sentem-se mais seguros para se relacionar, aprendem o que podem e o que não devem fazer e se relacionam de forma positiva com todos.

Até mesmo cães adultos podem ser adestrados! Pets mais velhos precisam de mais atenção, por isso as tarefas devem ser repetidas sempre. 

Como não são tão rápidos quanto animais pequenos, é fundamental ter muita paciência. Ofereça petiscos e muito carinho para ensinar seu animal de estimação como se comportar.

Mas, não procure auxílio somente após os primeiros sinais de agressividade. O adestramento acontece todos os dias. Em alguns casos, no entanto, pode ser necessário o auxílio de adestradores.

Em suma, solucione a agressividade com amor, atenção e paciência.

Gostou das dicas? Veja mais sobre cuidados com cães no blog da Cobasi:

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário