O que são animais endotérmicos: conheça!

Compartilhar:


Poucos sabem, mas a temperatura do corpo dos animais costuma ser determinada por uma função que relaciona o calor produzido, o calor conservado e o perdido. Essa é uma combinação interessante que leva o nome de termorregulação. Ele é um processo no qual os animais mantêm a temperatura dentro de uma faixa de valor ideal para a manutenção de seus processos biológicos. Dentro desse cenário, você deve estar se perguntando: o que são animais endotérmicos?

Nesse sentido, para que ocorra a termorregulação, o calor pode vir do próprio metabolismo do animal ou de fontes externas. Diante disso, podemos classificar os animais em dois grupos: endotérmicos e exotérmicos. 

Para entender melhor como funcionam esses dois grupos, separamos uma breve explicação deles. Assim, você entende bem como funciona esse processo de termorregulação dos animais, assim como o que são animais endotérmicos. Confira mais neste artigo. Vamos lá?

Animais endotérmicos e exotérmicos

A grande realidade é que a maioria dos animais precisa do calor do meio ambiente, principalmente do sol, para viver. Então, esses animais são considerados exotérmicos. De modo geral, são aqueles que conhecemos como “sangue-frio”. Você já deve ter visto um jacaré por horas se esquentando no sol, não é mesmo? Outros nomes para esse tipo de animal são pecilotérmicos. Podemos destacar como animais exotérmicos as cobras, os sapos, os lagartos e os insetos.

Quanto a o que são animais endotérmicos, vale destacar que existe um grupo de animais que gasta uma fração do seu metabolismo para produzir internamente o seu próprio calor. Esses são os considerados endotérmicos. Ao contrário do exotérmico, esses conhecidos como “sangue quente”. Além disso, homeotérmico pode ser o outro nome encontrado para falar sobre esses animais. Neles, a temperatura é constante, independentemente do meio ambiente.

A vantagem é que os endotérmicos podem manter a sua vida a despeito da temperatura ambiente. Graças à endotermia, as aves podem chocar os ovos. No entanto, os animais endotérmicos são a minoria. Estes correspondem às aves e aos mamíferos.

Endotérmicos

Aves e mamíferos conseguem produzir grande quantidade de calor devido a uma intensa alimentação que eles realizam. Por isso, esses tipos de animais vivem se alimentando.

A desvantagem é a necessidade constante de alimento. Já a vantagem é que, nesse processo, a temperatura corpórea é mantida alta e constante, o que favorece a atividade enzimática. Isso permitiu que esses animais conquistassem ambientes frios. A verdade é que eles não encontram dificuldade em mudanças de temperatura. 

Um endotérmico consegue manter sua temperatura estável, devido a isso, ele é denominado homeotérmico. O interessante é que a temperatura corpórea não varia em relação à temperatura ambiental. Portanto, o metabolismo varia, reduzindo à medida que a temperatura ambiental aumenta.

Gostou do conteúdo e de saber o que são animais endotérmicos? Que tal conferir outros artigos desenvolvidos aqui no Blog da Cobasi? Basta clicar em algum dos links abaixo.

O que lagarto come? Aprenda essa e outras curiosidades sobre o animal

Fantasia para cachorro: escolha a que mais combina com seu animal de estimação

Coelho Angorá: Conheça esse animal peludo

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário