O que lagarto come? Aprenda essa e outras curiosidades sobre o animal

Compartilhar:


O que lagarto come

Para quem busca um pet que fuja um pouco do convencional, como cães e gatos, um lagarto acaba sendo uma boa opção. Mas você sabe o que o lagarto come?

Se está pensando em adotar um lagarto e quer aprender um pouco mais sobre esse réptil, vem com a gente entender como é a dieta desse animal.

Conhecendo o lagarto

Antes de mais nada, é bom que você saiba mais sobre esse animal, que é tão conhecido por ter sangue frio.

Os lagartos são répteis que, em sua maioria, possuem o corpo coberto de escamas. Além disso, eles também são caracterizados pela presença de uma cauda e gostam de lugares quentes para viver.

Entretanto, há mais de 3 mil espécies de lagartos catalogados pelo mundo. Ou seja, é complicado definir outras características físicas para todos de forma geral.

Desse número são incluídos iguanas, camaleões, calangos e lagartixas. Por isso, é importante que você conheça os hábitos alimentares e cuidado com cada tipo.

A alimentação do lagarto

O que lagarto come

Como existem diferentes tipos de lagartos, com características específicas alimentares, a dieta desses animais pode variar muito.

“Um exemplo clássico é a Iguana verde. Esse animal é estritamente herbívoro, se alimentando basicamente de folhagem e algumas frutas. Por outro lado, existem animais que preferem uma dieta mais baseada em proteína animal, como os Teiús, comendo ovos, pequenos mamíferos e insetos”, como explica a Educação Corporativa da Cobasi.

Ou seja, você deve conhecer bem a espécie de lagarto que você deseja ter e os hábitos alimentares dela. Se optar por uma iguana, a alimentação será de uma maneira, se preferir um Teiús, o comedouro do seu pet terá outros alimentos.

Entretanto, é bom que você saiba de um detalhe. Independente da espécie, é interessante adicionar cálcio junto a alimentação.

Isso é necessário por que “os répteis de forma geral precisam de muito cálcio na alimentação para a formação da estrutura óssea e troca de pele”, como coloca a Educação Corporativa da Cobasi.

Iguana

Se você optar por uma iguana como animal de estimação, além de oferecer um local espaçoso para ela habitar, como um aquário grande, cuide da alimentação do pet.

Você pode oferecer a ela verduras e legumes como por exemplo folhas de nabo, repolho e alfafa. Frutas também são uma boa opção para seu pet como figo, mamão e banana com casca.

Como a iguana precisa de fibra em sua alimentação, temos ração especial para esse réptil. Se preferir, misture a ração com demais alimentos oferecidos a ela.

A frequência que a iguana precisa comer depende da fase de vida que ela está. Se o seu pet for jovem, ele deve comer todos os dias. Caso a iguana seja adulta, você deve oferecer alimentos a ela a cada dois ou três dias.

Teiú

Como o Teiú é onívoro, ele se alimenta tanto de vegetais quanto de fontes animais.

Por esse motivo que esse tipo de lagarto tem dentes, para conseguir mastigar e rasgar seus alimentos com a boca.

Na natureza, esse lagarto come cobra, aves, insetos e roedores. Contudo, caso você esteja pensando em adotar um Teiú saiba que pode oferecer a ele ovo, carne de origem bovina e até mesmo pequenos camundongos.

Porém, como o Teiú pode ser um animal de estimação, quando se vê em um ambiente doméstico, ele irá comer o que o tutor oferecer a ele. 

Neste caso, você pode servir ao seu lagarto folhas, frutas e vegetais. Entretanto, observe a qualidade e procedência dos alimentos oferecidos ao pet.

Agora que você sabe o que o lagarto come, tenha atenção a alimentação dele. Como esse réptil tem tendência a ganhar peso rápido, portanto, controle a quantidade de comida que ele consome. Dessa forma, você cuida da saúde do seu animal.

Viu como a dieta dos lagartos diferencia dependendo da espécie? Na natureza, esses animais conseguem se alimentar sozinhos. Entretanto, quando se veem em um ambiente doméstico, os lagartos consomem o que seus tutores oferecem.

Por isso, conheça bem os hábitos alimentares do seu animal de estimação e no caso de dúvidas específicas, consulte um médico veterinário.

Por fim, se quiser saber mais informações sobre outros animais exóticos, temos mais conteúdos que podem te interessar:

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário