Obstrução intestinal cachorro: saiba os sintomas e como prevenir

Compartilhar:


obstrução intestinal cachorro

A obstrução intestinal cachorro é uma doença muito perigosa para os cães e que podem acontecer com certa frequência, já que uma das suas principais causas é um hábito bem comum dos cães. Sabe aquela mania que os pets tem de colocar na boca tudo o que encontram na frente? Então, esse é um dos principais motivos que causam a obstrução intestinal. 

O grande problema se dá quando os animais ingerem os objetos que não podem ser expelidos naturalmente pelo organismo. Isso causa um bloqueio ao fluxo do intestino, ou seja, impede que o animal consiga fazer cocô. Em casos mais graves, por exemplo, esses objetos podem ainda perfurar o órgão, o que deixa a situação ainda mais arriscada. Saiba quais são os principais sintomas e causas dessa doença, como preveni-la e o tratamento para tal. 

Causas da obstrução intestinal cachorro

Para que fique claro, a obstrução intestinal é uma doença que causa o bloqueio do fluxo do intestino do animal. Ou seja, os pets acometidos pela doença não conseguem fazer cocô naturalmente. 

Para além da causa principal, que é a ingestão de objetos estranhos, como brinquedos, fios, tampas de garrafa e entre outros. A obstrução pode ser causada também de forma natural, principalmente em cães idosos, que quando não são castrados, podem apresentar o crescimento de tumores ou hérnias que interfiram diretamente no sistema excretor do animal. Alguns distúrbios, como o hipotireoidismo, também pode levar a obstrução intestinal, uma vez que ele causa a retenção do cocô. 

Quais são os principais sintomas da doença?

Além do principal sintoma apresentado pelos animais que é a dificuldade em defecar, a doença ainda apresenta outros sintomas bem característicos. Por exemplo:

  • Vômito;
  • Perda de apetite;
  • Desidratação;
  • Dores abdominais;
  • Apatia. 

Em casos mais graves, o cão pode apresentar calafrios e dores localizadas.

Em casos de obstrução intestinal, o que fazer?

Cachorro chorando
Procure um veterinário, se necessário.

Caso tenha identificado os sintomas acima e desconfia que o seu pet pode estar sofrendo de obstrução intestinal, a principal medida a ser tomada é o encaminhamento ao médico veterinário de confiança. Afinal, dependendo do objeto que esteja impedindo o fluxo excretor, o seu cão pode ter uma grande piora na doença, alcançando um estado bastante crítico.

Para ter um diagnóstico exato, os veterinários vão realizar exames físicos no animal, além de outros complementares, a exemplo da ultrassonografia abdominal e ainda a radiografia. Em casos específicos, outros procedimentos podem ser também necessários, como tomografia, exame de fezes e também de sangue. Dessa maneira, é possível ter uma visão clara da situação que está causando a obstrução intestinal no pet.

E o tratamento, qual é?

O tratamento pode variar de acordo com a situação da doença e o motivo que a causou. Por exemplo, em casos de ingestão de objetos estranhos, o melhor a se fazer é a cirurgia para a retirada. Existem na medicina veterinária, mais de 20 maneiras de cirurgia de retirada de objetos estranhos do organismo do animal. Já em casos de enfermidades e crescimento natural de órgãos, por exemplo, os tratamentos mais realizados se dá por meio de ingestão de hormônios e nutrientes específicos para a melhoria do animal.

Gostou desse post? Leia mais sobre outros pets em nosso blog:

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário