Papagaio que fala: conheça espécies que gostam de se comunicar

4 de março de 2021

Aves
espécie de papagaio que fala

Os passarinhos ganharam os lares brasileiros, porém quem rouba a cena é o papagaio que fala! A alegria rola solta na casa de quem tem um exemplar da ave. E não é pra menos, visto que além de extrovertido, o animal adora a companhia da sua família.

Quer saber mais sobre um dos psitacídeos mais famosos quando o assunto é animal silvestre domesticado? Conheça os truques para fazer o papagaio falar, o que a ave tem de diferente que consegue se comunicar com humanos e quais as espécies que vocalizam.

Qual é a raça de papagaio que fala?

Os psitacídeos por si só são seres inteligentes que podem aprender a se comunicar através do som, porém algumas espécies realmente possuem maior facilidade

A espécie de papagaio que fala mais conhecida é o papagaio-verdadeiro, cientificamente batizado de Amazona aestiva, o famoso louro! Além dele, entra para a lista o papagaio do mangue, também chamado de Curica. Ambas as espécies são liberadas pelo Ibama e são as mais comuns de se criar em casa.

O que faz um papagaio falar?

Esses bichinhos têm o dom de socializar, tanto é que na natureza usam sua fala para se comunicar com outras aves. O órgão responsável pela “falação” é a siringe, uma estrutura localizada no peito, ao final da traqueia, que é usada para reproduzir os sons.

Em resumo, quando um papagaio tenta se comunicar, o som passa pela garganta e o animal usa a língua para reproduzir as palavras e frases que escutou por aí. 

Por que o meu papagaio não fala?

Esta é uma dúvida que pode aparecer, visto que as pessoas adquirem um papagaio que fala esperando que ele vá vocalizar, mas não é bem assim. A ave é bem apegada com os seus donos, gosta de atenção e faz de tudo para criar uma relação, mas o carinho deve ser mútuo.

Se você não se dedicar para construir um relacionamento com o bichinho, ele não se sentirá confortável ao seu lado, e adivinha, vai no máximo gritar alguns sons. É necessário passar um bom tempo com o pet, estimular sua fala e fazer algo que eles adoram: elogiar!

5 dicas para o ter um papagaio que fala

papagaio que fala sentado em um galho de árvore

A primeira dica é o que falamos logo acima, você precisa criar um laço com o seu pet. Seja um tutor presente, que conversa e dá atenção para o bichinho. Se puder, invista em brinquedos para aves na hora da diversão.

Outro detalhe importante é oferecer um lar aconchegante para que ele se sinta confortável. Por isso, a gaiola do animal deve ser ampla e com espaço suficiente para a ave abrir as asas e transitar pelos poleiros.

Um papagaio que fala aprende tudo que ouve ao seu redor! Além das pessoas que convivem com ele, aposte em treinos rápidos sempre que estiver perto do pet.

Se for oferecer um petisco, fale “comida” enquanto entrega o alimento, por exemplo. O mesmo vale para a hora de trocar a água do bebedouro e quando chegar em casa.

A próxima dica é fundamental. Você precisa respeitar o tempo do bichinho. Um treino com mais ou menos 5 repetições e uma recompensa após falar as palavras é suficiente. O seu pet não vai começar a falar de um dia para o outro.

Dica final: amor!

Por fim, sempre demonstre amor pelo seu amigo. Pode parecer algo simples demais, mas é comum determinados gestos passarem despercebidos. O papagaio é um passarinho que gosta de atenção, por isso vale fazer um carinho na cabeça dele, alisar as penas e fazer festinha para o animal.

Agora ficou mais fácil entender que um papagaio que fala precisa confiar no tutor para começar a vocalizar sem parar? Pois é! E não se esqueça de estar sempre em dia com os cuidados básicos com um papagaio. Afinal, é a atenção na rotina que garante o bem-estar e qualidade de vida do bichinho.

Leia mais sobre aves no blog da Cobasi! Veja alguns temas que você pode gostar: