Pinscher Alemão: saiba tudo sobre a raça

Compartilhar:


pinscher alemão

Apesar de não serem tão conhecidos, os cachorros da raça Pinscher Alemão são super amados! Sua origem, como o próprio nome sugere, provém da Alemanha. Além de ser uma ótima companhia para todos, esses animais também são ótimos cães de guarda.

Algumas curiosidades sobre a raça são os fatos de que, durante a Segunda Guerra Mundial, ela esteve sob risco de extinção. Além disso, esses animais têm facilidade em se adaptar em qualquer ambiente, ou seja, são perfeitos para estar em famílias grandes com crianças!

Pontos importantes sobre o Pinscher Alemão

Inicialmente, esses cachorros foram criados para a captura de ratos, e é daí que vem seu nome – Pinscher (do inglês pincher ou pincer) faz referência à sua capacidade grandiosa de capturar roedores.

Detalhes da origem do Pinscher Alemão

Os dados sobre o surgimento dessa raça são incertos. Não se sabe ao certo quando e a partir de que raça ou mistura de raças esse pet surgiu. A única pista vem de uma pintura do final do século XVIII, retratando a raça. Inicialmente, o Pinscher Alemão foi treinado como um cão de caça, o que faz seu faro ser super aguçado, seja na terra ou na água.

Os olhos do Pinscher Alemão são escuros, de formato oval e com pálpebras pretas. Seu porte é médio, e sua pelagem curta tem cores que podem variar. No entanto, as mais comuns são: ruivo, cervo, marrom avermelhado ou preto brilhante com manchas marrons.

pinscher alemão

O temperamento da raça é forte. Mesmo com o tamanho pequeno, esses cães são ousados, corajosos, curiosos e apegados aos seus donos. Não se deixam intimidar, portanto, são ótimos guardiões, já que estão sempre atentos caso algum estranho apareça. Por isso, estão sempre cuidando da propriedade do seu dono.

O Pinscher Alemão também é carinhoso e se dá bem com crianças de um modo geral. Porém, pode acabar estranhando pessoas, então é necessário ter paciência durante seu processo de adaptação.

Características dos filhotes

Essa raça de cachorro é muito ativa, e no caso dos filhotes isso é ainda mais perceptível, pois eles correm e brincam o tempo inteiro. Aliás, é preciso realizar a socialização desde essa época. Isso porque esses são cachorros dominantes, e caso não sejam educados, podem acabar bem agressivos, principalmente com outros pets. Por isso, é necessário realizar treinos constantes desde o início de suas vidas.

Cuidados necessários com o Pinscher Alemão

O Pinscher Alemão não precisa de cuidados muito específicos, mas os exercícios diários são de extrema importância. Caso o pet não faça exercícios todos os dias, pode acabar apresentando comportamentos perturbadores, comprometendo até mesmo sua saúde mental.

Realizando essas tarefas, você garante que seu Pinscher Alemão se mantenha sempre saudável e feliz, pronto para alegrar a família inteira.

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário