Psitacídeos: o que são e como cuidar dessas aves

Compartilhar:


psitacídeos

Os psitacídeos são um grupo de aves com cérebro muito desenvolvido, o que as torna inteligentes, divertidas e ótimas companheiras! Algumas dessas espécies podem ser criadas como pets, como as calopsitas, os papagaios e os periquitos. Tudo isso, é claro, desde que cuidadas com bastante carinho e de forma adequada aos seus hábitos.

Esses pássaros são pertencentes da ordem denominada Psittaciformes, que possui mais de 340 espécies, cerca de 80 gêneros de 3 famílias diferentes. Essas aves tão populares e conhecidas, são encontradas principalmente em regiões tropicais ao redor do mundo.

No Brasil, foram catalogadas aproximadamente 84 espécies de aves psitacídeos, sendo que somos campeões no quesito diversidade. Infelizmente, dezenas desses pássaros estão sob ameaça de extinção, principalmente em razão do tráfico de animais silvestres.

Entre as espécies de psitacídeos, estão o papagaio, as calopsitas, as cacatuas, vários tipos de periquitos e também a arara azul! Nesse artigo, vamos falar mais sobre esse grupo de aves, suas características e o que você precisa fazer se quiser ser tutor de uma delas. Vem com a gente!

Tipos de psitacídeos

Como já mencionamos, os psitacídeos formam um grupo diverso de aves e, entre eles, encontramos papagaios, periquitos, araras, forpus, calopsitas, agapornis, lóris e muitos outros.

Na natureza, essas espécies se alimentam principalmente de frutos, sementes in natura e néctar. Porém, dependendo da época do ano ou da necessidade, podem se alimentar de insetos. Já os psitacídeos domésticos possuem a alimentação baseada em rações específicas e também podem se deliciar com sementes e frutas. Mas depois falaremos sobre isso.

Agora, vamos conhecer mais sobre alguns dos psitacídeos que fazem sucesso por aqui?!

Periquito Australiano

Esses passarinhos possuem penas com uma coloração forte. Elas podem ser azuis, amarelas, verdes ou brancos em algumas aves. Com o bico laranja, o periquito pesa cerca de 59 gramas e pode ser domesticado. Esse é um ótimo exemplo de psitacídeo doméstico.

Saiba mais sobre o periquito australiano

Papagaio Verdadeiro

Esse pet é muito conhecido e praticamente uma celebridade entre as aves que vivem no Brasil. A cabeça amarela com azul-esverdeado diferencia essa espécie dos demais tipos de papagaios. Essas aves medem de 35 a 37 centímetros.

Calopsitas

As queridinhas de quem ama pássaros e quer um pet muito interativo, essas aves são muito populares no Brasil. Um dos principais motivos é porque podem ser criadas soltas dentro de casa.

As calopsitas são muito ativas, assobiam e podem até imitar sons. Geralmente, elas medem entre 30 e 32 centímetros, possuem uma cauda comprida e uma crista característica, um verdadeiro charme. Isso sem contar a pintura rosada que algumas delas têm ao lado do bico.

Arara Azul Grande

A arara azul grande é uma ave muito bela e bem conhecida na família dos psitacídeos. Com cerca de 98 centímetros, ela possui penas em azul escuro que pode ter diferentes tonalidades. Um ponto interessante é que a parte inferior das asas e da cauda tem a tonalidade mais escura.

Agora que você já conhece um pouco mais sobre alguns dos pássaros psitacídeos mais famosos, que tal aprender mais sobre as características deles?!

Quanto tempo vive um psitacídeo?

A expectativa de vida varia de acordo com cada espécie de psitacídeo. Um periquito, por exemplo, pode viver de 4 a 8 anos em cativeiro. Porém, quando falamos de uma espécie de papagaio chamada Kakapo os números são outros. Essa espécie de papagaio noturno, que vive na Nova Zelândia, pode atingir até 90 anos de vida na natureza! Em cativeiro, quando bem cuidados, também atingem uma boa expectativa de vida.

Apesar de viverem muito, alguns dos psitacídeos estão com risco de extinção, como é o caso do Kakapo. Por isso, se você quer ter um amigo de penas em casa, adquira apenas de criadores autorizados com as documentações atualizadas. Se tiver conhecimento de comerciantes de animais silvestres, denuncie!

Características gerais e curiosidades dos psitacídeos

A maioria dos psitacídeos são monogâmicos, ou seja, formam um único casal para vida toda. Tal hábito é facilmente observado, quando por exemplo um casal de araras sobrevoa o céu juntos. Na hora de montar o ninho, existe uma ajuda mútua entre macho e fêmea para confeccioná-lo. Eles ainda preferem os locais mais escondidos, visando à segurança de seus filhotes.

Esses pais exemplares possuem algumas particularidades no seu formato físico. Os psitacídeos têm o bico curvo, e a língua e a mandíbula com músculos fortes. Tudo isso para controlar o alimento encontrado e conseguir cortar e descascar os grãos e sementes que compõem a sua alimentação.

O bico funciona como uma espécie de alicate. Além de facilitar a alimentação, os psitacídeos adoram fazer isso e se divertem muito com a comida. Eles têm prazer em descobrir o quê há dentro da semente ou do fruto. Por isso, é tão importante oferecer esses alimentos na dieta deles. Além de serem altamente nutritivos, geram bem-estar e até divertem a ave.

Como já mencionamos, os psitacídeos possuem o bico bem característico. Mas você sabia que os pezinhos também são? Esses pássaros possuem 4 dedos em cada pé. São dispostos em 2 x 2, ou seja, um par voltado para frente, e outro par de dedos voltado para trás. Os pés são extremamente ligeiros e habilidosos, o que confere uma característica poderosa para escalar árvores, galhos e ainda manipular as sementes e frutos.

Por fim, não poderíamos deixar de mencionar as cores das penas e plumagens dos psitacídeos. Geralmente são muito coloridas, com cores vivas, alegres e que deixam a ave vistosa, bonita e atrativa.

São aves fantásticas, não é mesmo?!

Psitacídeos são aves de contato

Os psitacídeos são considerados aves de contato, pois aceitam relativamente bem o contato com o ser humano. Além disso, elas aprendem facilmente alguns truques, como assobiar, cantarolar e imitar algumas palavras. É importante saber que esslevar um para casa.

O cérebro dos psitacídeos é tão desenvolvido que alguns podem ser ensinados a obedecer aos comandos e reconhecer cores. Incrível, não é?

Comportamento e personalidade

psitacídeos

Os psitacídeos são um grupo de aves, mas cada uma delas tem as suas particularidades. Um grande exemplo disso é que na Austrália podemos encontrar periquitos e calopsitas na natureza. Já no Brasil, encontramos papagaios e araras de espécies diversas nas florestas e matas.

Essas diferenças precisam ser levadas em consideração se você estiver pensando em se tornar tutor de um ou mais psitacídeos. Como são aves muito inteligentes, já dá para imaginar que você vai precisar ter um alto grau de interação com elas para garantir que se sintam bem. Além disso, é importantíssimo oferecer brinquedos e outras distrações para mantê-las entretidas uma boa parte do tempo.

Como criar psitacídeos?

Se você já se interessava por essas aves, após conhecer mais sobre elas, deve estar interessado em cria-las como pet. Mas antes disso, você vai precisar fazer uma boa pesquisa. A posse responsável do animal garante o bem-estar dele e da sua família.

O primeiro passo é verificar se o estabelecimento que está vendendo os pássaros é certificado pelo Ibama, e exigir toda a documentação comprovando isso antes de efetuar a compra. Fique atento!

Em seguida, será preciso preparar o ambiente para receber a ave. Os psitacídeos precisam poder abrir suas asas completamente dentro da gaiola ou do viveiro, sem encostar nas laterais. Para escolher o tamanho certo do ambiente, considere sempre o porte que a ave irá atingir na idade adulta. Uma gaiola pequena pode gerar diversos danos ao bichinho.

Não esqueça de avaliar, também, o local onde a gaiola será instalada, tomando cuidado com superfícies desniveladas que podem fazer com que a estrutura caia, machucando a ave. Observe a incidência do sol e se há correntes de ar. Se você tem outros animais em casa, não deixe de levar isso em consideração ao escolher uma espécie de psitacídeo.

E não é só isso! O tutor de psitacídeos precisa se preocupar com brinquedos e alimentação ideais.

Como dissemos, o bico dos psitacídeos foi feito especialmente para quebrar e descascar alimentos. Com base nisso, você pode escolher brinquedos que simulem esses movimentos. Alguns exemplos são bolinhas, argolas, cordinhas para atar, desatar nós, entre outros. Tome cuidado com o material de que são feitos esses brinquedos, pois os psitacídeos podem arrancar e engolir pequenos pedaços. Só escolha itens feitos especialmente para aves, mas nunca se esqueça de que nenhum brinquedo é indestrutível.

Com relação à alimentação dos psitacídeos, tanto os tipos, quanto a frequência e o volume de cada refeição deverá ser estabelecido em parceria com o médico veterinário escolhido para acompanhar o desenvolvimento da ave. Principalmente porque os alimentos podem variar bastante de um animal para o outro.

E por falar em veterinário, esse é o profissional indicado para fazer todas as recomendações que envolvem a saúde e o bem-estar do seu pet. Essas aves precisam de especialistas em animais silvestres e exóticos, por isso, recomendamos pesquisas antes mesmo de adquirir o pet. No mais, faça consultas regulares e curta os momentos ao lado dos seus psitacídeos!

Saiba mais sobre aves nos artigos que selecionamos para vocês:

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Os comentários estão fechados.