Ragdoll: a raça de gatos que vem conquistando corações

Compartilhar:


Ragdoll: a raça de gatos que vem conquistando corações

Se você já é um fã de gatinhos, ou se está pensando em adotar um, precisa conhecer a raça ragdoll. Muito dócil, inteligente e afetuoso, o Ragdoll está se popularizando entre os criadores no Brasil pela sua personalidade apegada aos tutores, pelo bom relacionamento com crianças e outros animais (inclusive cachorros) e pela fofura irresistível.

Vem com a gente saber mais sobre a raça ragdoll neste artigo e descobrir se ela é ideal para você. Arriscamos dizer que você vai se apaixonar!

Ragdoll: origem e características

Ragdoll: origem e características

Existem muitas teorias sobre a origem da raça ragdoll mas, de maneira geral, há um consenso sobre o seu surgimento por volta de 1960, nos Estados Unidos.

O nome ragdoll, que significa boneca de pano, em inglês, se dá pela característica marcante (e extremamente adorável) que a raça apresenta ao se esparramar no colo dos tutores. O gatinho se “derrete” e fica parecendo uma boneca de pano jogada no chão. É ou não é uma fofura?

Os gatos machos costumam ser bem grandões, pesando entre 6 kg e 9 kg. As fêmeas são menorzinhas, variando dos 4 kg aos 6 kg de peso corporal. Os pelos do ragdoll são longos e bem macios, e as colorações são variadas: cinza, marrom, branco, vermelho, creme e até lilás!

Cuidados com a saúde e a alimentação do ragdoll

Por serem peludos, é preciso que você mantenha uma escovação rotineira no gato ragdoll. Isso provavelmente não será um sacrifício para vocês, pois ele vai adorar receber a atenção e o carinho, e você poderá aproveitar esses momentos para se conectar com o seu peludinho.

A alimentação deve ser de qualidade e em quantidade adequada à idade, ao peso corporal e à fase da vida do seu ragdoll. A melhor maneira de escolher a ração correta para o ragdoll é levando seu gatinho a consultas regulares com um médico veterinário.

Além de indicar o alimento mais adequado, o veterinário dará orientações gerais sobre cuidados de saúde com o ragdoll, inclusive a respeito das vacinas necessárias para manter seu bichano protegido.

O ragdoll tem uma certa tendência à obesidade. Por ser um gato mais calmo e tranquilo, que não demonstra muito interesse por brincadeiras mais agitadas e que, por isso, tendem a gastar mais energia, eles podem passar longos períodos deitados e dormindo.

Para manter o peso corporal do seu gato equilibrado, é fundamental não exagerar nos petiscos e tentar estimulá-lo diariamente, mas sempre respeitando os hábitos do pet.

Truques e brincadeiras com o felino

Truques e brincadeiras com o Ragdoll

Muitos criadores consideram os gatos ragdoll extremamente inteligentes. Frequentemente os ragdolls são comparados com cachorros pela capacidade que têm de aprender brincadeiras e truques novos, além do desejo de agradar seus tutores

Por isso, você pode treinar seu ragdoll para pegar bolinhas ou outros brinquedos que você arremessar longe. Eles adoram a atenção dos seus tutores e curtem muito ficar por perto dos seus humanos, recebendo todo o carinho possível.

O ragdoll também é um excelente companheiro para famílias que possuem crianças ou outros animais de estimação, como cachorros. Busque equilibrar a atenção entre todos e sua casa vai ficar repleta de amor!

Continue sua leitura com esses artigos selecionados especialmente para você:

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário