Samambaia: dicas de cultivo e cuidados

1 de fevereiro de 2021

Jardinagem
samambaia em vaso de barro

Cada vez mais a samambaia tem ganhado espaço dentro e fora das casas, como itens de decoração e paisagismo. Além de deixar tudo mais bonito e leve, essas plantas são ótimas aliadas na hora de melhorar a qualidade de ar do local em que vivemos. 

As samambaias são plantas muito antigas. Elas embelezam as casas há décadas e possuem uma variedade grande de tipos e espécies. Mais um ponto positivo dessas belas plantas é que são muito fáceis de cultivar

Como cuidar das samambaias

De clima tropical, as samambaias são facilmente encontradas em florestas e regiões com bastante mata e umidade. No entanto, elas podem facilmente serem cultivadas em um vaso dentro de casa ou no jardim. Suas lindas folhas pendentes se adaptam facilmente aos locais com pouca iluminação. Perfeitas para apartamentos, não é mesmo?

O melhor lugar para deixar a samambaia é em um ambiente com sombra. Contudo, é importante que a planta receba alguns raios de sol durante o dia. Por isso, colocar seu vaso próximo às janelas pode ser uma ótima opção. Só tenha cuidado para que ela não receba sol intenso.

Outro local que a samambaia se adapta facilmente é nos banheiros! Isso porque o chuveiro torna o cômodo mais úmido. Já mencionamos aqui que ela adoram umidade!

Isso nos leva às regas. Normalmente as folhas sinalizam como está a umidade do solo. Se elas precisam de água ou não, por exemplo. Folhas e galhos moles, indicam excesso de água no solo. Já as folha secas, sinalizam a falta de água

O ideal, é promover regas regulares! A melhor forma de saber o momento certo para a rega é colocando o dedo sobre o solo, se sair sujo, ele está úmido. No entanto, se estiver seco e arenoso, é necessário regar. Dessa forma é mais difícil encharcar demais a plantinha.

Outra dica interessante é não usar a água muito fria, especialmente no inverno. A samambaia é originária das matas tropicais e, geralmente, recebe água das chuvas em uma temperatura mais amena. Por isso, deixar a água descansar no regador é fundamental para que ela esteja em uma temperatura agradável para a samambaia.

Como plantar samambaia?

As samambaias, diferente da maioria, não se reproduzem por flores e sim por esporos. Aquelas bolinhas que existem atrás das folhas são os famosos esporos, que funcionam como sementes.

Porém, plantá-las dessa forma, é um pouquinho mais complicado. É necessário recolher os esporos através de um papel ou tecido, deixar secar e, só então, semear.

Outra forma de cultivo da samambaia é por meio das mudas. Para isso, basta preparar um vaso com algumas pedras no fundo para auxiliar a drenagem. Depois, adicione o substrato adequado para a espécie e coloque a muda. 

Substrato para samambaias

Broto de samambaia

A samambaia gosta bastante do solo úmido e adubado. Para manter a umidade por mais tempo, pode ser colocado sobre o vaso uma camada de folhas de pinheiro ou húmus de minhoca. 

Outra dica legal é colocar uma camada de musgo no fundo do vaso antes de plantar. Dessa forma, ele ajuda a água escoar pouco, permitindo que o solo fique mais macio e úmido. 

Na hora de plantar, é possível colocar uma parte de areia misturada na terra, ela irá absorver o excesso. Depois, aposte em produtos específicos para a espécie.

Tipos de samambaia

Atualmente existem cerca de 200 espécies e mais de 10 mil variedades de samambaias. Vamos conhecer algumas?

Samambaia americana: é uma das mais conhecidas, possui folhas grandes, finas e pendentes e a cor verde clara.

Samambaia argentina: bastante conhecida, ela é bem semelhante à americana, porém possui a cor verde mais forte, folhas mais ralas e crespas.

Samambaia amazonas: possui as folhas largas e de um verdes mais forte e intenso. Suas folhas possuem pequenas bolinhas na superfície. 

Samambaia chifre de veado: completamente diferente das tradicionais, esta planta lembra os chifres desse animal. Possui folhagem larga e espaçada, com algumas ramificações.

Samambaia Renda Portuguesa: suas folhas são delicadas e de um verde intenso, seus ramos são pequenos e leves, com folhas de 20 cm que lembram uma renda.

Você gosta de conteúdos sobre jardinagem? Leia mais sobre o tema em nosso blog: