O que são strigiformes?

Compartilhar:


strigiformes

Strigiformes são uma ordem de aves que inclui algumas aves de rapina, como as corujas. As aves dessa ordem são caçadoras, possuem boa visão noturna e movimentos rápidos

Também são conhecidas por conseguirem girar o pescoço e voar de maneira silenciosa. A maioria das corujas possuem o hábito noturno e se alimentam de pequenos mamíferos, peixes e outras aves. 

Quer saber mais sobre os strigiformes? Então continue lendo e te contaremos todos os detalhes sobre essas aves incríveis. 

Porque as corujas são consideradas strigiformes?

Strige é uma palavra derivada do grego, que significa Coruja. Além disso, a palavra Strige em Italiano também pode significar bruxa e foi justamente daí que surgiu o nome da ordem Strigiformes. 

Esta ordem é formada por duas famílias, a Strigidae e a Tytonidae e ambas possuem aves espalhadas por todas as regiões do planeta, exceto na Antártica. 

Grande parte das aves da ordem strigiformes é caracterizada por possuir um padrão noturno, além de uma anatomia composta por olhos grandes e arregalados, asas largas compostas por penas macias, excelente visão e um voo silencioso, devido a suas penas macias e abundantes.

De modo geral, a plumagem das corujas possuem uma coloração escura, com tons variados entre marrom-escuro ou cinza, facilitando para que o animal se camufle em meio a vegetação.

O tamanho das corujas pode variar de acordo com a espécie, algumas são pequenas, podendo medir entre 14 e 15 cm e pesar cerca de 50g. Outras espécies são maiores, atingindo os 70 cm de comprimento e cerca de dois metros de envergadura. Essas aves podem pesar mais de 4 kg. 

Os machos são menores!

Muita gente espera que as corujas fêmeas sejam menores, no entanto o que ocorre é justamente o contrário. O tamanho costuma ser similar em ambos os sexos, contudo as fêmeas podem ser mais pesadas. 

Além disso, diferente de outras espécies de aves, as corujas fêmeas são as que possuem a vocalização em tom mais alto e grave

Graças a essas e outras características, podemos distinguir os machos das fêmeas através do dimorfismo sexual. Além das características morfológicas e comportamentais, a coloração das penas também podem indicar o sexo da ave. 

Em algumas espécies de strigiformes, as fêmeas podem apresentar uma coloração de plumagem mais escura em relação à plumagem do macho. Um bom exemplo disso acontece com a Coruja-das-Torres.

Elas gostam da solidão

Não é pouco comum ver uma coruja sobrevoando sozinha por aí, isso acontece porque elas costumam ser solitárias ou viver apenas em pares

Elas também não têm o hábito de construir um ninho, para se proteger, as corujas gostam de aproveitar as fendas de árvores, rochas, ninhos abandonados ou ficar sobre os galhos de árvores

Elas também costumam ser aves silenciosas, emitindo sons frequentes apenas nas épocas reprodutivas. 

corujas

Conheça algumas corujas brasileiras

No Brasil existem cerca de 22 espécies de corujas, a maioria possui hábitos noturnos e são encontradas em florestas ou matas. O tamanho das corujas encontradas por aqui também pode variar. Conheça algumas espécies:

Caburé-Miudinho: Esta corujinha pode medir entre 14 e 15 cm e pesar até 60g. São muito encontradas na Mata Atlântica, se alimentam de insetos, pequenas aves e lagartos. 

Jacurutu: É considerada a maior coruja das Américas, ela pode medir de 40 a 60 cm e pesar mais de 2kg. São encontradas em todas as regiões da América, desde o Canadá, até o Uruguai. No Brasil, ela costuma ser encontrada na Mata Atlântica e na Amazônia

Sua dieta é bem diversificada, a base de pequenos mamíferos como os roedores, aves, peixes, lagartos e insetos. 

Suindara: Conhecida como coruja-da-igreja ou coruja-das-torres, esta espécie é muito encontrada nas Américas, especialmente sobre torres de igrejas, edifícios e prédios de casas. Ela mede de 30 a 40 cm e possui envergadura de até 1 metro, pode pesar até 600g

Se alimenta basicamente de roedores e invertebrados.

Agora que você já sabe o que são strigiformes, aproveite para conhecer mais sobre as aves de rapina! 

Gostou de conhecer mais sobre corujas? Aproveite para ler mais sobre aves em nosso blog:

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário