Tosa asiática: conheça esta técnica fofa e divertida

Compartilhar:


tosa asiática

Sabe aquele cãozinho que parece um ursinho de pelúcia tão fofo que dá vontade de apertar? A técnica que deixa cachorros ainda mais bonitinhos e delicados é chamada tosa japonesa, ou tosa asiática.

Para te inspirar e te deixar com vontade de mudar a aparência do seu animal de estimação, confira curiosidades sobre a especialidade.

O que é a tosa asiática?

A tosa asiática é uma técnica que surgiu no Japão, e desde então conquistou todo o mundo! Nela, os cães saem do pet shop parecidos com personagens de anime, com os olhos em evidência.

Tanto é que a especialidade surgiu com esse propósito. No país asiático, a tosa é conhecida como uma forma de arte, que permite aos tosadores a reinvenção no processo de corte, de modo a torná-lo ainda mais artístico e expressivo.

Por ser uma técnica estilo livre, não pense que todos os cães terão o mesmo corte! Na verdade, não existe um padrão certo. O legal é brincar com diferentes estilos e, assim, deixar o pet o mais fofo possível.

O corpo é raspado, enquanto as pernas podem ficar modeladas, parecidas com um cone, as orelhas mais cheias. O rosto fica modelado, com um topete atraente, ou bigode bem feito… Os cães ficam mais delicados, ou divertidos, dependendo do tipo de corte realizado.

Na finalização, é comum usar laços, tinturas, tranças, chapéus e muitos outros acessórios pedidos pelo tutor, ou recomendados pelos próprios tosadores. A criatividade está liberada!

Assim, o pet fica mais bonito visualmente e moderno, com a aparência próxima a um brinquedo infantil, como ursinhos de pelúcia.

Benefícios da tosa asiática

A tosa japonesa é muito indicada para o verão, porque deixa o corpo do pet com pelos mais curtos. Então, durante o inverno, fica mais fácil para os tutores vestirem roupinhas e outros acessórios no cão – mas, é claro, com moderação.

Outro benefício desse tipo de tosa é que o corte e a modelação dos pelinhos no rosto do animal ajuda a evitar fungos e outras doenças respiratórias, comum em animais com muitos pelos no rosto, como o Poodle.

Quais cães podem fazer esse tipo de tosa?

A tosa asiática é mais comum entre as raças:

  • Shih Tzu
  • Lhasa Apso
  • York
  • Maltês
  • Poodle

Mas, é cada vez mais comum encontrar tutores de outras raças, como Cocker Spaniel e Schnauzer se aventurando neste mundo divertido!

Tosa asiática em Shih Tzu

Que tal deixar seu Shih Tzu com as orelhinhas alongadas e rosto redondo modelado?

Tosa asiática em York

Neste caso, o rabo e as perninhas do Yorkshire Terrier continuam peludas, enquanto o rosto do pet destaca-se devido ao formato.

Tosa asiática em Maltês

Com a tosa asiática, os olhinhos do Maltês ganham destaque. O bigode fica bem feito e, assim, é possível fazer um penteado fofo nos pelos do rosto.

Tosa asiática em Poodle

Já pensou deixar o seu Poodle com um topete amigável?

E que tal tosar seu Poodle Gigante? Com uma tosa divertida, seu pet pode ter um topete e orelhas bem cheios.

Gostou das dicas e inspirações? Então, continue no blog da Cobasi e veja mais conteúdos sobre cães:

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

1 Comentário

  1. Andrea Candido da Cruz disse:

    Amei as Dicas

Deixe o seu comentário