Pode dar atum em lata para gatos?

Compartilhar:


atum

O atum é uma proteína que os gatos amam de paixão. Só de sentir o cheirinho de peixe, o pet já busca encontrar de onde vem aquele aroma tão irresistível.

Entretanto, ao contrário do que muitos pensam, é importante ficar de olho no tipo de peixe que você vai oferecer para o seu felino. Em resumo, é perigoso arriscar a saúde do seu amigo com produtos enlatados, por exemplo.

Saiba mais sobre qual a melhor forma de oferecer peixe para o seu gatinho e como encontrar opções saudáveis e seguras no mercado.

O gato pode comer atum enlatado?

Esta é uma pergunta que divide opiniões, mas a resposta é não e existem motivos para que um dono de gato não ofereça atum em lata para o bichinho. O primeiro deles é a quantidade de sódio presente no alimento, e vale lembrar que os gatos já possuem uma predisposição a problemas renais.

No mais, o atum enlatado contém mercúrio, substância que já foi declarada tóxica para os gatos. E por fim, as embalagens de produtos em lata possuem BPA, que pode ser um composto nocivo para o animal. 

Como dar peixe para gato?

Mas então, qual o jeito certo de oferecer o alimento para o bichinho? É claro que você pode garantir que o seu amigo se delicie com receitas que vão peixe, mas de uma forma segura. Por isso, invista em alimentos feitos para gatos que são desenvolvidos a base de atum, salmão ou peixe branco.

Quais os alimentos à base de atum?

As opções no mercado pet são bem variadas, desta forma você encontra desde petiscos no sabor atum até as rações que levam peixes na composição. Aliás, esta é uma ótima proteína para eles, visto que tem um nível considerável de gordura boa e ômega 3, que fortalece os ossos.

Por fim, uma ótima vantagem de oferecer patês e sachês de atum é que ambas as versões possuem bastante água, o que ajuda na hidratação do bichinho.

Dicas para proteger a alimentação do seu pet

Uma dieta balanceada é fundamental para garantir que o seu amigo continue saudável e forte, sendo assim, preste atenção a detalhes que podem fazer a diferença, como a maneira que você dá atum para o gato e também o que ele come no dia a dia.

A obesidade felina infelizmente vem se tornando um problema preocupante para os tutores de gato, e para atuar na prevenção, os donos precisam administrar a quantidade de alimento diário do pet. Ou seja, não dê restos de comida para ele!

Outra ótima dica é investir na ração para gato certa, isto é, se o bichinho já é adulto, dê um alimento para esta fase da vida. O mesmo vale para gatos sênior, pois existem fórmulas específicas para os velhinhos.

Gostou das dicas? O cardápio de comidas para gatos é extenso e não vão faltar opções para você mimar o seu bichinho de estimação. E lembre-se, qualquer dúvida sobre a alimentação do seu amigo, procure um veterinário para não acabar tendo problemas no futuro.

Que tal ler mais sobre os gatos? Temos vários conteúdos para você:

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário