O que são aves de rapina?

Compartilhar:


aves de rapina

As aves de rapina são animais fascinantes, de porte maior, com características fortes e robustas, essas aves são carnívoras, ágeis, com garras fortes e bico recurvado

Conhecidas por serem caçadores natas, as aves de rapina são capazes de montar estratégias de caça e são muito rápidas quando o assunto é capturar seus alimentos. 

Continue lendo para conhecer mais sobre essas aves, o que elas comem e onde elas vivem. 

Conheça as aves de rapina

Rapina é uma palavra derivada do latim que significa raptar. As aves que recebem este nome, são de espécies capazes de capturar, ou raptar outros animais como forma de obter seu alimento. 

Elas são aves carnívoras, se alimentam de artrópodes, peixes, anfíbios, pequenos mamíferos e até de outras aves. Basicamente, elas comem qualquer coisa que se mexe e adoram uma comida fresquinha!

Essas aves são caracterizadas por serem grandes, fortes, robustas, possuir ótima visão, o bico curvo, garras grandes e afiadas e uma audição de dar inveja

Elas são muito rápidas na hora de capturar suas vítimas, além disso, são donas de um vôo muito forte e rasante, além de enxergarem de 2 a 8 vezes melhor que um ser humano, assim elas conseguem ver sua vítima a metros de distância. 

Além disso, seus olhos são voltados para a frente, o que resulta em uma visão binocular, dando maior proporção de distância e profundidade, o que as ajuda na hora de calcular manobras aéreas e atacar suas presas

Sua audição também é muito aguçada e potente, graças a ela, as aves de rapina conseguem ouvir o menor movimento das presas, de outras aves ou até mesmo, uma presa agonizando. 

Seu bico é extremamente forte, curvo e afiado, eles são usados para rasgar a pele durante sua alimentação. Algumas aves de rapina, como é o caso do falcão, podem usar o bico para matar a vítima. 

A classificação “ave de rapina” engloba várias famílias diferentes, com isso, o bico das espécies pode variar de acordo com o tipo de carne consumida. Mas a principal arma dessas aves, com certeza, são suas garras. 

Feitas para agarrar e matar a presa, suas garras são bem afiadas e fortes. 

Conheça algumas espécies de ave de rapina

De acordo com os dados, existem cerca de 550 espécies de aves de rapina no mundo. Cerca de 340 espécies são animais diurnos, já 212 são corujas

No entanto, nem sempre essa numeração de espécies é válida, afinal, algumas aves não são consideradas de rapina por alguns autores, sendo assim, elas acabam classificadas como subespécies. 

No Brasil podemos encontrar cerca de 99 espécies dessas aves de rapina segundo os dados do Comitê Brasileiro de Registros Ornitológicos. 

Conheça as principais aves de cada espécie!

coruja

Accipitriformes: 

Esta ordem é formada por águias, gaviões e abutres e pode ser dividida em 8 grupos e costuma ser composta por três famílias: Sagittariidae, Pandionidae e Accipitridae

  • Águias-buteonine 
  • Águias-pescadoras
  • Águias-açores
  • Harpias 
  • Gaviões-planadores 
  • Gaviões-milanos 
  • Tauatós 
  • Tartaranhões 

Cathartiformes

É uma ordem composta por urubus e condores. Das sete espécies desta ave, cinco são encontradas no Brasil.

  • Urubu-rei 
  • Urubu-da-mata 
  • Urubu-de-cabeça-vermelha 
  • Urubu-de-cabeça-amarela 
  • Urubu-de-cabeça-preta 

Falconiformes

É uma ordem formada por Falcões e carcarás, eles também podem ser divididos em três grupos: 

  • Falcões (gênero Falco)
  • Falcões-florestais 
  • Carcarás 

Strigiformes

Composta apenas por corujas das famílias Strigidae e Tytonidae. 

  • Família Tytonidae: Conta com 19 espécies, sendo a suindara a única existente no Brasil. 
  • Família Strigidae: Conta com mais de mais de 200 espécies no mundo, sendo 22 delas encontradas no Brasil, boa parte destas aves possuem hábitos noturnos e uma dieta variada. 

Agora que você conhece as aves de rapina, acesse nosso blog e leia mais dicas sobre aves:

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário