Conheça o pequeno pássaro pardal

Compartilhar:


pardal

Pertencente à família Passeridae, o pardal é originário da Europa e da Ásia, mas foi trazido para o Brasil em 1906, com o intuito de fazer o controle biológico de insetos. Atualmente, essa é a espécie de ave que possui a maior distribuição geográfica em todo o mundo. 

É importante comentar que os pássaros dessa espécie costumam viver em habitats abertos, ou seja, em qualquer parte da zona urbana, o que engloba desde as grandes metrópoles até as menores cidades.

Conheça os hábitos dos pardais

É comum que, nas cidades, essas aves se reúnam aos finais de tarde em grandes grupos que costumam ser muito barulhentos, que só se aquietam quando cai a noite. O pardal se alimenta principalmente de sementes, que podem ser as de capins, painço e até mesmo alpiste. Além disso, essas aves podem consumir ainda pequenos insetos, especialmente durante o período de reprodução.

O pardal também pode se alimentar com restos de comida, como arroz, migalhas de pão, biscoito, fubá e quirela. Além disso, eles gostam muito de comer flores, brotos de árvores e frutas, que podem ser: mamão, banana, maçã e acerola.

Como o pardal se reproduz?

Os pardais são aves que formam casais monogâmicos em cada estação de procriação. Os pássaros dessa espécie constroem o ninho no período entre fevereiro e maio. De maneira geral, o ninho do pardal pode ser feito em um arbusto ou árvore. 

Mas essa ave também utiliza os buracos de barrancos, edifícios, telhados de casas e postes de iluminação para fazer seus ninhos. Os materiais que utilizam na construção são: vegetação seca, penas, cordas e papel.

Depois que o macho estabelece um local, ele chama uma fêmea que esteja mais próxima, e enquanto mostra a casa que construiu, o pardal macho eriça a penugem negra do pescoço. Se ficar satisfeita, a fêmea entra no ninho para que consigam acasalar.

A fêmea pode botar até oito ovos, que são incubados por ambos os pais, entre 12 e 14 dias. No entanto, esse tempo pode chegar até a 24 dias, a depender da temperatura do ambiente. Os filhotes do pardal começam a sair do ninho com cerca de 15 dias de idade.

Quais são as características do pardal?

Os pardais adultos têm cerca de 15 centímetros de comprimento. Os machos dessa espécie apresentam dois tipos de plumagens: durante a primavera, elas ficam com a cor cinza na parte superior da cabeça e na fronte; na parte da garganta, as penas ficam pretas. Eles também podem ter a cor marrom com riscos pretos nas asas e região das costas e cor cinza claro ou branca no rosto, peito e abdômen.

Já durante o outono, a plumagem é discreta; os machos adultos ficam com as penas da cor preta na região que se estende do olho à base do bico. Já a garganta fica com uma coloração desbotada, e abaixo do bico, a região adquire a cor preta com amarelo.

Enquanto isso, as fêmeas dessa espécie têm a cor acinzentada no topo da cabeça e penas de cor marrom na região entre o olho e a base do bico, na fronte e nas bochechas. Além disso, esse tipo de pardal possui uma lista clara acima dos olhos. Já as penas maiores das asas e a região dorsal são similares às dos machos. Ademais, o filhote de pardal apresenta cores mais parecidas com as das fêmeas.

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário