Búfalo africano: características e curiosidades

Compartilhar:


Descubra aqui tudo sobre o búfalo africano

De maneira geral, o búfalo africano é comparado com o búfalo do norte do Brasil. Entretanto, ele é considerado maior e mais selvagem.

A fêmea adulta chega a 1,60 metros de altura e pesa cerca de 600 kg. Já o macho adulto é ainda maior, chegando a cerca de 1,80 metros de altura e 900 kg.

Outra diferença é a cor dos pelos que são marrons quando nascem, mas que ficam pretos conforme envelhecem. 

Além disso, uma característica muito marcante dos búfalos, macho e fêmea, são os chifres na cabeça e as orelhas caídas. E o que vai diferenciar macho e fêmea é justamente o chifre: ele tem caimento, formato e tamanho diferentes.

Os chifres são enormes nos machos, atingindo até 1,6 metros, com um contorno que forma um tipo de escudo sob a testa. Nas fêmeas eles são mais curtos e finos, além de ter um caimento maior.

Sobretudo, saiba que o búfalo africano é herbívoro e se alimenta de pastos nos lugares onde vive. Seus principais predadores são os caçadores e os leões e, por uma questão de sobrevivência, vivem em manadas que podem juntar de 50 a 500 búfalos em um só grupo.

Além de suas características impressionantes, os búfalos-africanos também conseguem ser animais interessantes quanto ao seu modo de viver. Por isso, separamos neste texto algumas curiosidades sobre o búfalo africano. Confira!

O búfalo africano só acasala e dá a luz quando chove

Primeiramente, é importante ressaltar que as gestações desses animais duram mais que a dos humanos, com um período de aproximadamente 11,5 meses. Isso mesmo, quase um ano inteiro!

Além disso, devido ao gosto peculiar dos búfalos-africanos pelo clima chuvoso, eles costumam acasalar na estação chuvosa de um ano e dar à luz quase um ano depois, em outra estação chuvosa. 

As fêmeas que decidem a direção das manadas

Durante a caminhada da manada, saiba que as fêmeas escolhem a direção e se o macho for contra, as fêmeas atacam o animal. São elas que decidem a direção da manada!

O búfalo africano é simpatizante dos pássaros

Descubra aqui tudo sobre o búfalo africano

Os búfalos-africanos e os pássaros mantêm uma relação de mutualismo. Os búfalos permitem que os pássaros descansem em suas costas, os pássaros comem moscas ou outros insetos, protegendo os búfalos da transmissão de doenças trazidas por essas pragas. 

Sendo assim, essas duas famílias vivem em harmonia. 

São portadores de um número considerável de doenças

Como dissemos anteriormente, mesmo com ajuda dos pássaros, os búfalos-africanos são animais extremamente suscetíveis a contraírem doenças transmitidas por insetos.

Uma das doenças mais comuns entre eles é a doença do sono, causada pela mosca tsé tsé que causa um estado constante de letargia e falta de coordenação que se agrava e leva até a morte.

Além disso, um fato interessante, é que em 1890 a espécie do búfalo-africano teve 90% de seus animais mortos devido a uma peste bovina. De lá para cá, a espécie conseguiu se reproduzir e recuperar da doença.

Por isso, os especialistas ainda se preocupam com outra praga que pode atingir a espécie e levar à extinção.

Gostou do conteúdo? No site da Cobasi, você encontra produtos para roedores, répteis, primatas e outros pets.

Além disso, você também pode ver mais curiosidades interessantes sobre outras espécies de animais aqui: 

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário