Cachorro pode comer caqui? Descubra!

Compartilhar:


cachorro pode comer caqui

Nós, seres humanos, temos uma alimentação extremamente variada, assim, diversos tipos de comidas podem ser apreciados. É normal que a gente pense que os nossos pets podem se adaptar aos mesmos alimentos, mas, infelizmente, não é bem assim. Os cães, por exemplo, possuem um organismo bem diferente do nosso, e não deveriam consumir muitas das coisas que os seres humanos consomem. Pensando nisso, será que cachorro pode comer caqui? Continue com a gente neste artigo e descubra!

Afinal, cachorro pode comer caqui?

Sim, cachorros podem comer caqui! É claro que é necessário ter atenção à quantidade adequada ao animal, mas dessa forma a fruta pode ser um excelente petisco para o seu cão.

Isso porque o caqui possui uma alta quantidade de vitaminas A e C, portanto, é um excelente complemento na dieta de cachorros esportistas ou que estejam estressados. Afinal, essas vitaminas trazem uma série de benefícios ao sistema imunológico, sendo capazes de prevenir diversas doenças.

Além disso, o caqui é extremamente rico em fibras, favorecendo o trânsito intestinal do cachorro. Assim, pode evitar desconfortos estomacais e prisões de ventre, além de contribuir para diminuir os níveis de colesterol.

Contudo, é essencial oferecer o caqui com baixa frequência e em pouca quantidade. Isso porque a fruta conta com um alto teor de açúcares, ou seja, não é nem um pouco recomendada para cães diabéticos ou que estejam acima do peso, visto que o problema pode acabar se agravando. Portanto, se o seu cão estiver sofrendo de qualquer um desses quadros, é de extrema importância consultar um veterinário antes de oferecer a fruta ao animal.

Como servir o caqui?

cachorro pode comer caqui

O ideal é cortar a fruta em pedaços proporcionais ao tamanho da boca do pet, para que ele não se engasgue ao tentar engolir. Outro detalhe essencial é que, caso a fruta tenha sementes, todas elas devem ser descartadas. Dessa forma, evita-se uma obstrução intestinal que pode acabar acarretando em sintomas como desconfortos abdominais, vômitos, perda de apetite e cólicas. 

Além disso, lembre-se de servir apenas frutas maduras, frescas e bem lavadas. As condições do caqui são importantes para evitar uma possível intoxicação alimentar.

Qual é a alimentação ideal para o cachorro?

Algumas frutas e verduras são realmente ótimas para serem incluídas na dieta do cão, mas apenas como complemento! É importante sempre ter em mente que cachorros são carnívoros, ou seja, não podem viver somente à base de vegetais.

Por isso, o alimento mais completo e recomendado para o pet é a ração própria para ele. Na Cobasi, existem diversos tipos de ração para atender a todas as especificidades dos cães. Assim, é possível escolher a melhor ração por idade, raça, peso, etc. 

Afinal, por mais que seja interessante variar um pouco o cardápio do pet, apenas uma ração de qualidade é capaz de oferecer todos os nutrientes que o cachorro precisa para uma alimentação extremamente balanceada. Além disso, para oferecer uma textura diferente ao seu pet, as rações úmidas também são uma excelente opção!

Caso você tenha qualquer dúvida referente à alimentação do seu cão, ou caso ele tenha ingerido algo indevido, é importante consultar um veterinário. Um profissional saberá lhe auxiliar com relação ao cardápio do pet, visando a uma vida extremamente saudável para o animal.

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário