Cachorro selvagem: conheça mais sobre esses bichos

Compartilhar:


cachorro selvagem

Nem todos os cães do mundo são domesticados, o cachorro selvagem vive na natureza e possui seus próprios hábitos, inclusive, algumas raças estão correndo o risco de extinção.

Quando falamos sobre cachorros selvagens, não podemos deixar de citar o Canis, um gênero que faz parte da família Canidae, que inclui os cães, lobos, coiotes e chacais. 

Domesticado, os cães se tornaram os melhores amigos dos humanos e são encontrados na maioria das casas do mundo, mas os cães selvagens também são bastante encontrados por aí. 

Algumas raças podem ser mais famosas e conhecidas, outras nem tanto. Por isso preparamos esse texto para te mostrar algumas raças de cachorro selvagem e seus hábitos. 

Conheça algumas raças de cachorro selvagem

Muitas fases se passaram para que os lobos evoluíssem e se tornassem cães domésticos, tanto que alguns cachorros ainda possuem os hábitos ancestrais de uivar, amaciar a terra e respeitar o humano como se fosse o líder da matilha.

Mesmo assim, ainda existem alguns cachorros selvagens que vivem livres na natureza, caçando sua própria comida, vivendo em bandos e com hábitos bem diferentes dos que estamos acostumados. 

Cães cantores da Nova Guiné

Como o próprio nome diz, esses cachorros selvagens são encontrados na região da Nova Guiné. Eles foram considerados extintos há mais de 50 anos, no entanto, em meados de 2016 uma equipe de pesquisadores conseguiu encontrar uma matilha desses cachorros na região. 

Estima-se que existam cerca de 300 cães cantores no mundo, chamados desta forma devido a potência de seu uivo, que se assemelha a um cântico da baleia jubarte

Esta espécie possui pernas curtas, podem medir até 46 cm e pesar até 14 kg. Os filhotes possuem a pelagem marrom escura com manchas em tons de dourado. Quando chegam na fase adulta, podem mudar sua coloração para um castanho claro, mas podem ser encontrados em tons de marrom e preto com marcas brancas. 

Suas orelhas são pequenas e eretas, cauda abundante e enrolada sobre o dorso, eles são ágeis e espertos.

Cachorro-Vinagre

De origem Brasileira, este cão selvagem é encontrado na região da Amazônia, mas pode ser visto em toda a América Latina. Ele vive em matilhas de até 10 cachorros, se alimenta de pequenos mamíferos, aves e rãs. 

Eles são pequenos, ágeis e ferozes, embora tenham um cara muito fofinha! Possuem pelagem castanha avermelhada, sendo o dorso levemente mais claro. Suas orelhas são redondas, as pernas são curtas e eles apresentam membranas interdigitais para facilitar seu nado. 

Mabeco

De origem africana, esses cães selvagens vivem na região das savanas. São caçadores natos, sendo considerados um dos predadores mais eficientes da África. 

Eles são famosos por exercerem um sistema democrático para decidir quando vão caçar. Para isso, a matilha se reúne em forma de assembleia e se comunica por uma espécie de uivo, conhecido como espirro sonoro, identificado como uma votação para as atividades da matilha. 

Eles possuem porte médio, medindo até 42 cm e pesando cerca de 36 kg. Sua pelagem é manchada, dando a eles o nome de “lobo pintado”, possuem áreas pretas, amarelas, vermelhas, brancas ou marrons e suas manchas não seguem um padrão.

Sua cauda é espessa, focinho curto e fino, com dentes bem afiados. Suas orelhas também são levemente arredondadas. 

cachoror selvagem africano

Dingo Australiano

Considerado um dos maiores predadores da Austrália, o Dingo possui uma semelhança mais próxima dos cães domésticos

Eles podem pesar até 20kg e medir 55 cm. Possuem pelagem curta e macia, cauda espessa, são encontrados em coloração caramelo, castanho avermelhado, marrom claro ou branco. Podem conter manchas brancas no focinho, pernas e patas. 

Se alimentam de pequenos insetos, mamíferos, aves e até animais maiores, como búfalos. Se adaptam com facilidade, podendo viver em desertos ou montanhas tropicais. São animais silenciosos, sem hábitos de latir ou uivar.

Por terem o hábito de atacar gado, acabaram chegando próximo de serem extintos, uma vez que eles eram muito abatidos por agricultores. 

Leia mais sobre cães e seus comportamentos em nosso blog:

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário