Vivendo na natureza: Conheça o coelho selvagem

Compartilhar:


Coelho selvagem

Você que gosta de coelhos de estimação, conhece o tipo que originou todos os demais que conhecemos hoje? Bom, então se prepare para conhecer o coelho selvagem.

Associados a bichinhos fofos, divertidos e carinhosos, é comum que algumas pessoas prefiram coelhos como pets para chamar de seu.

Por isso, até hoje esses animais estão inseridos em produtos culturais como filmes, animações e séries, tendo até mesmo um feriado que tem a imagem deles como representação, a Páscoa.

Mas não é sobre os coelhos brancos e felpudos que você vai ver nesse artigo. Se prepare para conhecer mais sobre o coelho selvagem e suas principais diferenças com o coelho doméstico.

Origem

Você já deve ter reparado em algumas produções visuais que os personagens caçam coelhos para se alimentar. Isso porque o coelho selvagem é de origem africana e europeia, além de ter servido como um dos alimentos presentes na Europa antigamente.

Por ter sido a base de alimentação neste continente, esse coelho passou a ser criado pelo ser humano e domesticado, resultando em diferentes raças.

Porém o coelho selvagem também pode ser encontrado na América Central e na América do Sul. O Brasil até mesmo possui seu próprio coelho selvagem, conhecido como Tapiti.

Diferenças entre o coelho selvagem e o coelho doméstico

A primeira diferença entre esses dois tipos de coelhos é a questão da interferência humana. Primeiramente, coelhos domésticos são adaptados para morar em casas e recebem maiores cuidados dos seus tutores. 

Essa diferença é crucial para o tempo de vida de cada animal. O coelho doméstico, com os devidos cuidados, pode passar dos 8 anos. Entretanto, o coelho selvagem, por viver na natureza e estar suscetível a predadores naturais e ter de conseguir sua própria comida, têm uma expectativa de vida de 2 anos.

Para conseguir se esconder e fugir rápido para não ser uma presa fácil, o coelho selvagem brasileiro, ou tapiti, possui um porte pequeno ou médio e tem as orelhas estreitas, além das pernas mais longas.

Esse tipo de coelho possui hábitos noturnos e costuma se esconder em tocas durante o dia. Seu peso pode chegar até 990 g, com um comprimento de 36 cm. Porém, o coelho europeu pode chegar até os 40 cm, pesando de 1 a 2,5 kg. 

Alimentação

Coelho selvagem

Como esse tipo de coelho vive na natureza, ele se alimenta do que está disponível em seu habitat natural. Por ser um animal herbívoro, sua alimentação é baseada em verduras, legumes, frutas, casca de árvore, flores e raízes.

Além disso, ele também pode se alimentar de feno e grama, o que ajuda a evitar problemas intestinais no animal. O feno também é utilizado pelo coelho selvagem para construir seus ninhos, feitos em tocas e lugares escondidos de predadores.

Porém, coelhos selvagens que são criados em fazendas recebem ração especial para ter uma dieta com mais nutrientes.

O coelho selvagem pode ser um animal doméstico?

Antes de optar por um coelho selvagem como animal de estimação, o tutor deve ter em mente que esse não é um animal criado para ser doméstico. Ele precisa de muito espaço para se mexer, com um território bem extenso

Por habitar a natureza, esse herbívoro também é mais suscetível a transmitir doenças. A maioria delas são causadas pela ausência de higiene desse animal, alimentação não controlada e a falta de vacinação.

Outro ponto a se considerar é que coelhos selvagens não gostam de permanecer no colo e que quando se sentem ameaçados, assustados ou irritados, podem morder as pessoas.

E se você é uma pessoa que gosta muito de animais, saiba que cães e gatos podem ser perigosos perto de coelhos selvagens. Esses animais podem assustar o coelho, que os vê como predadores e se assustam com facilidade. 

E aí, gostou de aprender mais sobre o coelho selvagem? Além de ser o tipo que deu origem às outras raças de coelhos que conhecemos, o coelho selvagem ainda mantém alguns hábitos semelhantes aos domésticos, como a alimentação baseada em legumes e feno.

Portanto, se você deseja ter um coelho para chamar de seu, é melhor buscar coelhos que sejam domésticos e que se adaptem melhor ao ambiente de sua casa. Por isso, deixe que o coelho selvagem habite a natureza, e se desejar ver um de perto, procure por fazendas e zoológicos que os criem.

Se tiver interesse em saber mais sobre coelhos, acesse nossos demais conteúdos:

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário