Qual a diferença entre lebre e coelho?

4 de março de 2021

Outros animais
Qual a diferença entre lebre e coelho

A princípio, pode ser um pouco difícil mesmo saber a diferença entre uma lebre e um coelho. Afinal, esses dois animais têm orelhas compridas, patas traseiras longas e são muito fofinhos!

Nesse artigo, vamos te mostrar que, apesar de serem bastante parecidos, existem muitas diferenças importantes entre o coelho e a lebre. Vem com a gente descobrir!

Lebre e coelho: cada um na sua, mas com alguma coisa em comum

A lebre e o coelho pertencem à mesma família, chamada de leporídeos. Dentro dessa família, existem 11 gêneros: um deles, chamado Lepus, é o gênero das lebres. Todos os outros gêneros englobam as diferentes espécies de coelhos existentes na natureza.

Como você pode ver, existem muitos tipos de lebres e coelhos diferentes, o que faz deles alguns dos animais mais interessantes que conhecemos. Um outro fator que diferencia os coelhos das lebres é o local onde esses animais podem ser encontrados na natureza.

Enquanto as lebres, de maneira geral, preferem viver em pastos e grandes campos abertos, os coelhos fazem tocas em diversos tipos de lugares: tanto no solo, quando é do tipo mais macio, quanto em arbustos e florestas.

Características do corpo da lebre e do coelho

Características do corpo do coelho e da lebre

Alguns aspectos do corpo da lebre e do coelho podem ajudar a diferenciar os dois animais. O primeiro deles é o tamanho: a lebre é um pouco maior do que o coelho, chegando a 68 cm de comprimento em média, enquanto os coelhos costumam atingir 44 cm de comprimento.

No que diz respeito aos pelos, as lebres são encontradas na natureza com pelagem em tons de marrom que vão do amarelo ao cinza. Suas orelhas são bem compridas, chegando a medir quase 10 cm de comprimento, e têm manchinhas pretas. O rabo também é colorido: preto na parte de baixo, e branco acinzentado na parte de cima.

Os coelhos, por sua vez, podem ter pelos brancos, pretos, em tons de cinza ou até vermelhos. Suas orelhas são mais curtinhas, e as patas traseiras são bem menores do que as da lebre, o que faz com que esse animal se locomova com pulos mais curtos e mais baixos. Enquanto isso, as lebres dão saltos tão grandes que podem chegam aos 3 metros de altura!

Alimentação, reprodução e comportamento de lebres e coelhos

Alimentação, reprodução e comportamento de lebres e coelhos

Tanto os coelhos quanto as lebres são animais herbívoros e, por isso, se alimentam de grama, folhas, raízes e cascas de árvores. Eles também têm um hábito curioso e que, para nós, pode parecer bem desagradável, que é o de ingerir as próprias fezes. As lebres e os coelhos fazem isso para absorver todos os nutrientes que um alimento têm a oferecer. Lembre-se de que não estamos falando de animais domésticos alimentados com ração, então, na natureza, esse comportamento é bastante natural.

Enquanto os coelhos costumam ser vistos em comunidade, com vários outros animais, as lebres são bastante solitárias. A reprodução desses animais também tem suas diferenças. As lebres têm uma gestação que pode chegar a quase 2 meses e as ninhadas têm entre 1 e 8 filhotes.

os coelhos têm uma gestação muito rápida, que dura somente um mês, e as ninhadas costumam gerar de 5 a 6 filhotes.

Uma diferença curiosa entre os filhotes de lebre e coelho é que as lebrinhas já nascem completamente desenvolvidas e com autonomia. Já os coelhinhos nascem cegos, surdos, sem pelo e dependem da mãe para tudo. Muito interessante, não é?

Algumas espécies de coelho podem ser ótimos companheiros! Se você está considerando um desses animaizinhos para ser seu pet, confira os artigos que preparamos para você:

[user-submitted-posts]
[user-submitted-posts]