Comida para cachorro: o que você precisa saber

Compartilhar:


Comida para cachorro: o que você precisa saber

Você sabia que a comida para cachorro pode ser preparada em casa, com ingredientes encontrados no supermercado e no hortifruti? É isso mesmo! Muitos tutores optam pela ração, que é um alimento completo e balanceado, mas outros tantos preferem oferecer comida natural para cachorro.

Nesse artigo vamos falar sobre os diferentes tipos de comida de cachorro que você pode preparar em casa, e os cuidados que você precisa ter nesse preparo.

Tipos e variedades de comida para cachorro

Tipos e variedades de comida para cachorro

Além da ração seca, você deve conhecer também a ração úmida e os sachês. Todos esses alimentos são preparados de acordo com as necessidades nutricionais dos cães em suas diferentes fases da vida e possuem no verso da embalagem as recomendações diárias de consumo.

Já quando se opta pela alimentação natural para cães, não há uma embalagem a ser consultada. Por isso, o acompanhamento com um médico veterinário é ainda mais importante. 

O profissional vai avaliar o estado de saúde geral do cãozinho antes de dar as orientações relativas ao que ele poderá ou não consumir e as quantidades indicadas para cada caso.

Mas o que é, afinal de contas, a comida natural para cães? Uma dieta básica para um cachorro saudável pode ser composta por:

  • diferentes tipos de proteína (carne de vaca, de porco, de frango, de peixe e outras, ovos e vísceras);
  • carboidratos (como batata, mandioca, inhame, ou grãos, como arroz, lentilha, aveia, quinoa, ervilha etc.);
  • vegetais (folhas em geral, chuchu, tomate, beterraba, pepino e muitos outros);
  • frutas (todas com exceção de uvas em geral, incluindo a uva passa, e a carambola).

A comida para cachorro pode, ainda, ser servida para o pet crua ou cozida. Se você quiser servir cozida, os carboidratos devem estar bem amolecidos. Já as carnes, por outro lado, devem estar mal passadas, pois é assim que o organismo dos cachorros consegue digeri-las melhor.

Na vertente de alimentação natural para cães que oferece os alimentos crus, é possível servir ou não os ossos.

Nesse caso, as carnes e vísceras precisam ser congeladas e ficar no freezer por um período de 4 a 7 dias. Assim é possível eliminar as bactérias e vermes que podem estar presentes, impedindo que façam mal ao pet.

Cuidados na escolha da alimentação do cachorro

Cuidados na escolha da alimentação do cachorro

A alimentação natural para cães não é a mesma coisa que oferecer restos de comida, ou apenas arroz, cenoura e carne moída todos os dias. Ela é uma escolha importante que influencia diretamente na saúde e na qualidade de vida do seu pet. Portanto, é preciso que se faça com planejamento, cuidado e dedicação.

O preparo de uma alimentação natural para cachorro requer pesquisa, conhecimento e apoio de profissionais especialistas em animais (tanto o médico veterinário quanto o nutricionista). Além disso, você precisa ter bastante disponibilidade para preparar a comida todos os dias ou, então, preparar e armazenar as porções congeladas.

Converse com o profissional de saúde que acompanha o seu pet, pesquise bastante e avalie junto com ele qual o melhor caminho para oferecer ao seu cão a melhor alimentação possível. Ele merece esse cuidado!

Confira outros artigos selecionados para você em nosso blog:

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário