Como nascem os carrapatos? Descubra!

Compartilhar:


como nascem os carrapatos

Um dos parasitas que mais preocupam os tutores e trazem doenças aos cães, o carrapato tem um ciclo de vida que favorecem infestações em animais e até em pessoas. Conhecer como nascem os carrapatos é importante para saber como atuar na proteção dos pets.

Continue a leitura e descubra como nascem os carrapatos!

O que é o carrapato e por que ele é perigoso?

Antes de entender como nasce o carrapato, é importante conhecer o que é esse parasita.

Os carrapatos são parasitas bastante comuns de serem encontrados em campos e florestas. Eles são pequenos aracnídeos que ao se fixarem na pele dos cachorros e outros animais, alimentam-se do sangue. Graças a esse contato com a corrente sanguínea, podem transmitir inúmeras doenças aos hospedeiros.

Entre as doenças mais conhecidas, estão a erliquiose e a babesiose, que afetam diretamente a saúde do animal, podendo levar a casos fatais. Entre os sintomas das doenças, apresentam-se:

  • Febre intensa;
  • Mucosas amareladas nos olhos, no interior dos genitais e nas gengivas;
  • Fraqueza;
  • Falta de apetite;
  • Vômitos;
  • Perda de peso.

O remédio para carrapato, como o nome já adianta, é um fármaco voltado para o tratamento da mais comum doença entre os cães, a doença do carrapato. Esses parasitas se alimentam do sangue dos animais e podem transmitir inúmeras doenças aos pets, algumas graves e que ainda podem ser transmitidas para humanos.

Já deu para perceber que esses são parasitas perigosos, não é mesmo. Aprenda como nascem os carrapatos.

Como nascem os carrapatos?

Conhecer como nascem os carrapatos é entender o ciclo de vida desse parasita. Ele é dividido basicamente em duas fases:

  • Fase parasitária
  • Fase de vida livre

A fase parasitária é quando o aracnídeo está em um hospedeiro. Já a fase de vida livre é quando ele vive na grama ou em pastagens. Ele pode contaminar cães, gatos e até humanos nas duas fases.

É na fase parasitária que acontece o acasalamento dos carrapatos, ou veja, adultos machos e fêmeas estão no cachorro quando se reproduzem. O sangue do hospedeiro alimenta a fêmea fecundada.

Quando a fêmea fica cheia de sangue, ou ingurgitada, ela se solta da pele do cachorro, cavalo ou do animal que lhe servia como hospedeiro e cai no chão, entrando na fase de vida livre.

No ambiente, ela procura um local protegido para iniciar a postura dos seus até 3 mil ovos. Após quatro semanas, as larvas nascem e ganham o nome de micuim.

Todo esse processo acontece na fase de vida livre, que, porém, dura pouco. Já que em cerca de três dias, as larvas partem para a busca de hospedeiros, onde iniciam a fase parasitária. Nela, eles se alimentam de sangue e tecidos mortos por cerca de 20 dias, quando são considerados adultos e estão prontos para acasalar.

Ciclo de vida do carrapato

Agora que você já sabe como nascem os carrapatos, é importante entender que o ciclo de vida deles pode variar de acordo com a temperatura e a umidade do ambiente. Nos meses mais quentes e chuvosos, as fases são mais rápidas tornando as contaminações de cães mais comuns. Mas, mesmo nos meses secos e frios, eles são capazes de se reproduzir.

Sendo assim, é importante manter o seu animal sempre com o antipulgas e carrapatos. Caso seu pet passeie em praças, parques ou pastos, use medicamentos mais potentes, pois são nesses locais que os carrapatos passam a sua vida livre.

Ao saber como nascem os carrapatos e como eles se reproduzem ficou mais fácil manter o seu cachorro livre desses parasitas, não é? Veja mais dicas para seu pet não se contaminar:

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário