CondroPlex: para que serve esse medicamento?

Compartilhar:


Às vezes nossos amigos de quatro patas sentem alguma dorzinha nas articulações e chegam até a ficar tristes, encolhidos num canto, sem vontade de passear (no caso dos cães) ou pular e se aventurar na casa (em relação aos gatos). Um medicamento que ajuda a melhorar esse quadro é o CondroPlex.

Versão veterinária do Condroflex humano, o CondroPlex basicamente trata de disfunções da articulação provocadas por doenças degenerativas, como artrose ou artrite, em cães e gatos. Este medicamento age na cartilagem que reveste as articulações.

Mas atenção: antes de começar a dar o medicamento, sempre consulte um médico veterinário. Ele irá indicar se seu pet precisa mesmo do suplemente e quando deve consumi-lo.

Tipos de CondroPlex

Antipulgas para cachorro

O CondroPlex é vendido em três formatos: cápsulas, comprimidos ou bastões.

Os comprimidos são palatáveis, ou seja, têm gosto bom para os pets e pode ser facilmente entendido por eles como um petisco. A vantagem é que o medicamento pode ser dividido e colocado na ração, caso o seu cachorro ou gato seja muito desconfiado.

O CondroPlex em bastão também é palatável. Este, sem dúvida, pode ser confundido com um petisco normal pelo pet.

as cápsulas valem para animais que tenham alergia a palatáveis. Geralmente cães e gatos demonstram alergia ao vomitar o comprimido ou o bastão minutos depois de ingerí-lo.

Para dar a cápsula, o tutor precisa de algum alimento mole, como requeijão, peito de peru ou um pedaço de salsicha.

Vantagens do CondroPlex

cachorro com dor deitado

Estudos com animais com artrites que receberam esse suplemento demonstraram um efeito na redução da dor. Além disso, em alguns casos os animais deixam de mancar ou mancam menos.

Além de ajudar no tratamento de cães e gatos com doenças nas articulações, o medicamento também diminui a velocidade de deterioração da cartilagem ao longo da vida.

O CondroPlex é indicado preventivamente a cães e gatos idosos ou pets que têm atividade física intensa.

Filhotes em fase de crescimento (principalmente de raças caninas gigantes, como São Bernardo ou Dogue Alemão) se beneficiam muito desse suplemento, pois recebem os compostos necessários ao fortalecimento articular, prevenindo futuras disfunções.

Cachorros e gatos obesos também podem se beneficiar. Isso porque estes animais têm excesso de peso suportado pelas articulações, o que pode pode acelerar processos de degeneração e, consequentemente, causar problemas nas articulações, principalmente da coluna e das patas.

Esse tipo de benefício também atinge animais que já sofrem de alguma debilitação.

Vem ler mais sobre saúde canina, temos vários conteúdos para você:

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário