Dingo: você conhece o cão selvagem da Austrália?

Por Cobasi

Compartilhar:
dingo cão selvagem australiano

Quando pensamos em animais australianos, logo imaginamos cangurus saltitantes e coalas fofos, mas poucos conhecem o Dingo, cão selvagem que ocupa os diversos habitats do país.

A Austrália concentra muitas espécies exóticas para nós e o Dingo não poderia deixar de ser um caso curioso. Apesar da cara e corpo de um cachorro simpático, o Dingo é considerado o maior predador terrestre australiano.

Principais características do Dingo

Os dingos são muito parecidos com os cães domésticos. Possuem uma altura média entre 50 e 60 cm e peso que varia entre 13 e 20 kg, podendo chegar a 35 kg em alguns machos. Por isso, se assemelham a cachorros de médio e grande porte. Sua pelagem, que é curta e espessa, normalmente é castanha, mas também pode ser encontrada em tons dourados, marrons e até mesmo brancos.

Com dentes caninos afiadíssimos e um corpo feito para agilidade, a espécie é de caçadores implacáveis! Eles conseguem correr até 60 km/h, viajar cerca de 20 km por dia, pular quase 2 m de altura e sobem árvores com muita facilidade.

Além disso, para complementar seu conjunto de habilidades, os Dingos ainda podem virar suas cabeças em 180 graus e são donos de uma visão impecável.

Onde o Dingo vive e do que se alimenta?

dingo cão selvagem australiano

Os cães selvagens australianos estão no continente há pelo menos 4.000 anos e podem ser vistos hoje em todo tipo de região, seja nos desertos, pastagens ou nas florestas tropicais do norte. Porém, as únicas exceções são o sudeste e sudoeste do país.

Os dingos possuem uma alimentação muito variada, que inclui tanto insetos, quanto animais maiores como cangurus e búfalos. Sua predação é tão feroz que muitos criadores de gado o consideram uma praga. Isso, inclusive, é um dos motivos pelos quais os Dingos são considerados uma espécie ameaçada e vulnerável.

Uma curiosidade é que no ano de 1885, uma cerca de mais de 5.500 km foi construída no sudeste da Austrália para que os dingos não atacassem rebanhos de ovelhas e gado. Ela é considerada até hoje a maior cerca do mundo e sua extensão é quase a mesma que a distância entre o Oiapoque e o Chuí, extremos norte e sul do nosso país.

Existem Dingos domesticados?

dingo no deserto australiano

Alguns registros históricos mostram que os aborígenes do passado tinham algum grau de domesticação dos Dingos. Por isso, a espécie pode ser considerada assilvestrada, ou seja, se tornou selvagem com o tempo.

Na Austrália, em alguns estados, existem criadores e santuários que possuem Dingos legalmente, porém a sua criação em cativeiro exige esforços muito grandes de treinamento e cuidado para que sejam mais amigáveis. Uma das exigências é que o Dingo seja adotado com no máximo seis semanas de vida, afinal a espécie é muito sensível a mudanças e pode ser bastante agressiva.

Enfim, como são animais muito perigosos para humanos e não existem por aqui no Brasil, devemos mesmo é curtir os primos deles, os cães! Nossos amigos podem viver pertinho da gente e aqui na Cobasi você encontra tudo para cachorro.

Gosta de animais diferentões? Então confira mais sobre eles nesses posts em nosso blog:

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário