Porque o feno é tão importante para os roedores?

Compartilhar:


Coelho comendo feno

Muitas vezes ouvimos falar sobre a importância do feno para os roedores, afinal, quando na natureza, esses animais se alimentam à base de grama, feno e frutas. 

Além disso, é comum que o tutor se pergunte se o feno é um alimento ou apenas algo para o pet se entreter mastigando. 

Pensando nisso, resolvemos fazer este texto para esclarecer as principais dúvidas sobre o que é feno e como ele deve ser oferecido aos pets. Continue lendo para saber mais!

O que é o feno?

Feno certamente é uma palavra muito comum para as pessoas que têm roedores, ou que moram em grandes fazendas do interior das cidades, que tem criação de gado ou cavalos. Certamente você já viu uma bola de feno nos filmes, né?

Por isso é muito comum ter a dúvida do que é feno, especialmente porque é comum confundir achando que o feno é alguma espécie de planta ou grama. No entanto, é chamado de grama qualquer mistura de capim, gramíneas ou leguminosas.

Esses vegetais passam por um processo de fenação, que nada mais é do que o ato de desidratar, removendo a água dessas forragens para que elas durem por mais tempo sem que seu valor nutritivo seja afetado. 

Vale ressaltar que é muito comum oferecer feno para cavalo, vaca e animais de pastoreio em geral. 

Então quer dizer que feno e capim são a mesma coisa?

Achar que feno grego e capim são a mesma coisa também é uma dúvida muito comum e até faz algum sentido, afinal, o capim está composto na maior parte do processo de produção de feno. 

No entanto, o capim é apenas um mato verde sem o processo de desidratação. Já o feno propriamente dito, pode ser composto à base de uma mistura, ou seja, qualquer tipo de vegetal ou planta liberada para o consumo alimentício. 

Para que ele seja elaborado, é necessário que ele possua apenas cerca de 10% de água. 

Qual a diferença entre feno e alfafa?

Bem, já sabemos o que é o feno, mas para saber a verdadeira diferença entre os dois, é necessário saber que a alfafa nada mais é do que uma planta bem específica, muito utilizada pelos gregos como temperos

A alfafa é muito utilizada especialmente na culinária árabe ou indiana, no entanto, para a alimentação dos roedores, esta planta também precisa passar pelo processo de fenação, assim ela fica mais dura e resistente. 

Então quer dizer que as duas são semelhantes? Neste caso, quem ganharia a disputa de melhor planta para os roedores? 

Bem, o primeiro lugar no pódio seria do feno, afinal, ele é mais duro do que a alfafa, o que auxilia melhor na questão dentária, além disso, a alfafa é mais rica em cálcio e seu consumo excessivo pode acarretar em problemas renais

Qual a função do feno na alimentação dos roedores?

O feno é um dos alimentos mais importantes para os roedores, por isso ele deve estar presente na dieta desses pets. 

Além de ser um alimento rico em fibras, vitaminas e minerais, o feno ajuda a desgastar os dentes dos roedores, que vivem em constante crescimento. Como o feno passa por um processo de desidratação, ele costuma ser duro. 

Isso faz com que o animal precise passar horas roendo e se esforçando para conseguir comer o alimento, gerando um processo de desgaste dentário necessário para evitar diversos problemas bucais

Outra vantagem é que os roedores adoram ficar mastigando alguma coisa, e o feno é fundamental quando o assunto é manter o pet entretido. Além disso, por ser rico em fibras, ele ajuda no processo digestivo

Por consequência, também auxilia no trato intestinal do pet, ajudando na eliminação de pelos ingeridos e evitando a formação de gases. 

Além disso, é possível procurar pelo feno com ações terapêuticas, como a camomila ou capim santo, que ajudam o pet a relaxar. No entanto, é sempre bom consultar um veterinário antes de oferecer esses produtos. 

O feno para coelho e porquinhos da índia são muito recomendados para manter a saúde do pet em alta, além de colaborar para evitar a má oclusão dentária, uma vez que esses animais possuem os dentes em constante crescimento. 

A má oclusão dentária pode ser muito dolorosa e incômoda para esses animais, impedindo que eles se alimentem de forma inadequada, causando desnutrição. 

Coelho se alimentando com feno

Com que frequência o feno deve ser oferecido?

Embora a ração deva ser oferecida aos roedores de acordo com a idade ou espécie, para evitar problemas de saúde e obesidade, o feno pode estar sempre disponível nas gaiolas desses pets. 

Tanto é que eles são perfeitos para esses animais, podendo inclusive ser encontrados em forma de casinhas comestíveis, que podem ser colocadas na gaiola de porquinhos da índia ou hamsters.  

O feno é responsável por ajudar o pet a se sentir menos estressado e entediado, além de ajudar na digestão e desgastar os dentes do animal, evitando a má oclusão dentária. 

No entanto vale a observação a respeito do feno de alfafa, por ser rico em cálcio, não deve ser consumido em excesso. Caso você queira oferecer este tipo de feno para o pet, é possível fazer uma mistura dos dois e intercalar os alimentos

Neste caso, o ideal é que a alfafa seja apenas um petisco ou um agrado. Em caso de dúvidas, procure um veterinário!

Gostou de ler sobre alimentação para coelhos? Temos mais conteúdos para você:

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário