Gato Azul Russo: uma raça misteriosa e bela

Compartilhar:


Gato Azul Russo

Você já ouviu falar da raça de gato Azul Russo? Como o próprio nome indica, ele surgiu na Rússia (país famoso por ser fã dos felinos) e possui a pelagem com a coloração azul-acinzentada. De comportamento tímido, carinhoso e independente, é um pet muito bom para quem mora sozinho.

No entanto, seu jeitinho introspectivo faz dele também um gato pouco assustado, tendo alta propensão para fugas. Essa característica pode resultar em uma convivência que não se adapta às casas com cães muito agitados.

Temperamento e comportamento da raça

O gato azul da Rússia é um pet tímido e, por isso, precisa de um ambiente mais equilibrado. A presença de cães e até de crianças pode assustar esse bichinho.

No entanto, ter um Azul Russo em casa não quer dizer que você não poderá ter crianças ou outros pets. É necessário apenas realizar a adaptação do animal com mais cuidado para que ele se acostume com as brincadeiras.

Uma ótima dica é criar um ambiente gatificado para que o pet tenha locais só dele para se esconder quando achar necessário. Prateleiras, torres e outros acessórios para gatificação ainda deixarão a rotina do seu gatinho muito mais rica.

Por um lado, o Azul Russo é tímido, mas por outro ele é muito independente. Ele adora brinquedinhos e pode ficar bem sozinho com um arranhador e outros itens para se divertir. No entanto, esse felino também adora carinho e é muito apegado ao dono.

Gato Azul Russo: preço

O preço desse pet pode chegar aos 5 mil reais. Só compre de criadores de gato azul russo que possuam a documentação completa do animal e mantenham as matrizes e os filhotes em boas condições.

Você também pode encontrar um gato azul russo para adoção e ajudar um bichinho que não tem uma família.

Cuidados com o gato azul russo

Além de gatificar a sua casa para proporcionar atividade física e locais para o gatinho se esconder, o gato azul russo precisa de alguns outros cuidados, como a vacinação que deve ser anual.

Resistentes, não possuem doenças hereditárias características e uma visita anual ao médico veterinário costuma bastar.

Um cuidado que não pode faltar é a alimentação de qualidade e na quantidade certa. Prefira rações secas Super Premium e ofereça sachês de alimento úmido para reforçar o consumo de água do seu bichinho.

Para evitar problemas no trato urinário, pets que não tomam muita água durante o dia podem se interessar por uma fonte para gatos. A água em movimento costuma ser estimulante e fazer com que o gato aumente o consumo hídrico.

Por fim, o azul russo precisa de cuidados especiais com a sua macia pelagem azul-cinzenta. Os tutores devem escovar o animal duas vezes por semana com um pente ou escova para gatos.

Agora que você já sabe tudo sobre esse pet tão especial, conheça outras raças de gatos:

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

3 Comentários

  1. Silvia Maria Da Róz de Oliveira Jordão disse:

    Adoro essa raça … tenho uma gata linda azul russo que se chama Alice !!!

  2. Daniele disse:

    Parabéns adorei a pagina, curti demais!

  3. Willian disse:

    Eu tenho esse gato mas o meu não é nenhum pouco tímido mas o resto das informações está correta

Deixe o seu comentário