Pode usar remédio para engordar cachorro?

Compartilhar:


remédio para engordar

Remédio para engordar é uma das alternativas utilizadas para aumentar a massa corporal dos animais, no entanto, antes de usá-lo, é fundamental procurar a ajuda de um veterinário, afinal, existem outras alternativas para engordar um pet

Além disso, o veterinário irá te ajudar a identificar a razão pela qual seu cachorro não engorda. Em alguns casos, é possível que o animal esteja com alguma deficiência nutricional

Continue lendo para saber porque razão seu cão não engorda e quando o remédio para engordar pode ser indicado. 

Porque meu cachorro não engorda?

As razões para um cachorro não engordar são inúmeras, elas vão desde as características físicas de determinadas raças, até a prática de exercícios em excesso ou a falta de nutrição adequada

Por isso, é importante considerar todos esses fatores antes de falar que o cão não está engordando. 

Quando o cachorro é filhote, é comum que ele seja mais magrinho e não coma com tanta regularidade. No entanto, é importante oferecer a ele a quantidade ideal de ração em relação a seu porte físico. 

As rações possuem a quantidade ideal de nutrientes e vitaminas para ajudar o cachorro a se manter saudável. Nesse caso, mesmo que ele ainda esteja magrinho, é importante reconhecer que ele está em fase de crescimento

Contudo, se você notar que o animal está perdendo peso com facilidade e sem motivos, é importante levá-lo ao veterinário. Nesse caso, pode ser que o animal esteja apresentando algum problema de saúde.

Existem alguns motivos que podem colaborar com o ganho de peso e massa corporal dos cachorros:

Falta de nutrição

Apesar das rações serem elaboradas a base de vitaminas e minerais essenciais ao pet, alguns tipos de ração podem conter uma quantidade menor dessas vitaminas. Rações de baixa qualidade podem fazer com o que o organismo do pet não absorva completamente as vitaminas. 

Doenças

Problemas de saúde ou parasitas intestinais podem ser responsáveis pela dificuldade no ganho de peso do animal. Por isso é fundamental vermifugar e desparasitar o pet ainda filhote, a cada 3 ou 6 meses. 

Além disso, algumas doenças como Tiróide, Cancro, Doença de Addison ou Diabetes, podem fazer o animal emagrecer. Isso porque essas doenças colaboram com a má absorção de nutrientes. 

Exercícios físicos

As atividades físicas são fundamentais para os cachorros manterem sua saúde em dia, além disso, são ótimas alternativas para cães muito hiperativos e que precisam gastar energia. 

No entanto, quando a prática de exercícios ocorre de maneira excessiva, ela colabora para que o animal perca ainda massa corporal. Especialmente caso o pet não possua uma alimentação adequada para a quantidade de energias que ele gasta. 

Nesse caso, se o animal gasta muita energia, é necessário aumentar a quantidade de comida que ele ingere. Mas lembre-se, faça isso apenas com indicação do veterinário!

Quando usar remédio para engordar cachorro?

Apesar do remédio para engordar ser uma ótima alternativa para o ganho de peso rápido, é importante ressaltar que ele deve ser utilizado apenas com a indicação de um médico veterinário ou nutricionista para animais. 

Se mesmo comendo uma ração saudável o cachorro não apresentar ganho de massa corporal, é necessário avaliar se ele está saudável ou se existe algum problema de saúde. 

Independente do resultado, se o veterinário achar adequado, pode ser que ele indique medicamentos para compor uma suplementação alimentar. Esses remédios para engordar podem ser a base de vitaminas e farão parte da dieta do pet.

Caso o veterinário descubra alguma doença, ele irá indicar o melhor tratamento para o problema, além de uma alimentação específica para a condição do animal, juntamente com a suplementação à base de vitaminas.

Mas lembre-se de nunca optar por oferecer algum medicamento ao pet sem a supervisão de um veterinário.  

Gostou desta publicação? Acesse nosso blog e leia mais sobre cães e gatos:

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário