Remédio para febre de cachorro: como utilizar?

Compartilhar:


remédio para febre em cachorro

A febre em cães e gatos é também sinal de que há algum problema no funcionamento do corpo deles.  As causas podem ser muitas: gripe, otite, infecções urinárias, pancreatite, doenças virais e bacterianas, efeito secundário de outros remédios ingeridos e outras causas inumeráveis. Por isso, é muito importante que o diagnóstico seja feito com o auxílio de um veterinário e que um remédio para febre em cachorro seja indicado.  

A primeira coisa importante de saber é que a temperatura corporal dos cães e gatos é diferente da dos humanos. Em condições normais, a temperatura de um cão varia entre 38,5 e 39,5 graus. Já em gatos a temperatura normal varia entre 37,5°C e 39,5 °C. Por isso, quando a temperatura está acima de 40 graus, já podemos considerar a febre no pet. E, atenção acima de  41°C, a febre pode afetar o funcionamento dos órgãos do bichano.  

A maneira mais correta de saber se o animal está com febre é aferindo a temperatura com um termômetro. Nos cães pode ser feito com termômetro retal ou auricular e, em gatos, apenas com termômetro retal.  No entanto, não é recomendado aferir a temperatura em casa. Caso o termômetro não seja manuseado corretamente, poderá gerar incômodo e até machucar o animal. Portanto, é recomendado que este procedimento seja feito por um veterinário. 

Como saber se o seu animal está com febre?

Cães e gatos costumam apresentar os seguintes sintomas:

  •  Apatia
  • Falta de Apetite
  • Sonolência
  • Tremores
  • Vômitos
  • Diarreia
  • Respiração acelerada

Os cães também podem apresentar ingestão excessiva de água. Além disso, no caso dos gatos, a falta de higiene pessoal pode acontece.

Tratamentos para febre em cachorro

Quais os riscos de oferecer Bactrim para cachorros

Os tratamentos para febre variam de acordo com a origem do problema. Por exemplo, caso seja uma reação a outros medicamentos, pode ser feita uma substituição do remédio. Se for uma reação à vacina, poderá ser indicado um antitérmico. Em casos mais graves é prescrito remédios para infecção, antibióticos, etc. Por isso, para saber o melhor tratamento é necessário levar seu animal ao veterinário para identificar qual a causa da febre. 

Posso dar dipirona para o animal?

Muitas pessoas perguntam se pode dar dipirona, remédio usado também para humanos, para o animal. A dipirona é um anti-inflamatório não esteroidal que atua no alívio da febre e dor muito utilizado por humanos. Apesar de também ser indicado para tratamentos em pets, é muito importante que a dosagem seja calculada corretamente pelo veterinário, pois um erro no cálculo pode levar a intoxicação do pet.

Na hora de ministrar a medicação indicada pelo veterinário, dê preferência a remédios em gotas. Se possível, utilize uma seringa com água para facilitar a administração e fique atento para garantir que seu bichano engoliu o remédio. Além disso, em gatos é muito comum que eles espumem com alguns compostos.

E mais, fique atento ao comportamento do seu animal e, caso perceba alguma alteração, procure um veterinário. 

A Cobasi é especialista em saúde animal! Gostou de ler sobre remédio para febre em cachorro? Que tal ler mais sobre os cuidados com o seu bichinho de estimação?

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário