Repelente para cachorros: por que é tão importante?

Compartilhar:


repelente para cachorro

Um repelente de insetos precisa fazer parte da vida do seu amigo. Animais como esses são indesejáveis e podem trazer doenças e complicações para a saúde do seu cachorro. Dessa forma, o produto atua complementando a ação de outros acessórios de prevenção, como as coleiras antipulgas e também as vacinas.

Saiba mais sobre como manter mosquitos e insetos longes do seu bichinho de estimação durante as épocas mais quentes do ano.

Tem repelente para cachorro?

Hoje você já encontra diversas versões específicas para cachorros. O produto é procurado com maior intensidade em estações como o verão, pois acontece a proliferação de insetos por conta do calor intenso.

Sendo assim, se você pretende viajar com o pet para uma praia, chácara ou outro ambiente que é naturalmente conhecido por ter mais insetos, invista em um repelente para cães. O cuidado é fundamental para diversos motivos que vão além do desconforto da picada e envolvem a saúde do seu amigo.

Qual o melhor repelente para cães?

repelente-meio

A sua escolha depende muito do tipo de proteção que você procura para o seu cachorro. E aqui vale lembrar que um repelente não faz o trabalho de um produto específico contra pulgas e carrapatos, com exceção das coleiras multifuncionais. Mas vamos explicar melhor:

Coleira repelente: é um acessório completo, pois além de funcionar contra parasitas, também é indicado para repelir insetos e mosquitos que podem transmitir doenças. O período de validade varia de acordo com o fabricante, mas existem coleiras que duram até 8 meses.

Spray repelente: o complemento é ideal para viagens que envolvem lugares com mato que colocam o bichinho em contato com muitos insetos. É bem simples de usar, basta aplicar na região do corpo do cachorro, evitando os olhos, focinho e orelhas dele. 

Repelente para casa: por mais que seja um ambiente mais seguro, existem as versões eletrônicas próprias para humanos e animais que mantêm os insetos fora de casa.

Pipeta repelente: o produto é bem fácil de ser aplicado e funciona de forma parecida com a coleira, porém protege por menos dias, na maioria das vezes, por um mês. 

Repelente para cachorro contra Leishmaniose

E como falamos, os mosquitos não incomodam apenas com suas picadas, pois também são transmissores de doenças graves, como a dirofilariose. Ela é causada pela picada de pernilongos comuns e grande parte dos casos só são identificados quando a enfermidade está avançada.

Na lista de doenças também está a Leishmaniose, chamada de calazar, que pode ser evitada através das vacinas, mas o uso do repelente complementa a prevenção, visto que o transmissor é o mosquito-palha. Uma patologia como essa pode causar graves danos ao seu amigo, inclusive deixar sequelas.

Em resumo, assim como não queremos sofrer com alergias de picadas e muito menos com doenças transmitidas por mosquitos, devemos ter o mesmo cuidado com os animais de estimação, até para evitar zoonoses. É por isso que vale a pena investir no produto para garantir que seu pet está protegido de todas as formas.

Leia mais sobre o mundo pet no blog da Cobasi:

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário