Sangue nas fezes do cachorro: o que pode ser?

Compartilhar:


Sangue nas fezes do cachorro: o que pode ser?

Encontrar sangue nas fezes do cachorro nunca é normal. Existem várias causas possíveis para essa situação, como verminoses, a ingestão de algo que o pet não deveria comer e até doenças mais graves, como câncer, por exemplo.

Independentemente da quantidade de sangue presente nas fezes do cachorro, o tutor não deve ignorar ou negligenciar esse sintoma. Portanto, confira este artigo até o final para saber mais sobre o assunto e o que você pode fazer pelo seu pet.

Sangue nas fezes do cachorro: atenção aos sinais

Sangue nas fezes do cachorro: atenção aos sinais

Você já sabe que existem muitas causas possíveis para explicar um cachorro evacuando sangue. Agora você vai entender também que a apresentação desse sangramento nem sempre é a mesma, ou seja, o aspecto das fezes com sangue de cachorro também pode mudar, ajudando a entender o que pode estar acontecendo.

Quando o cão está evacuando sangue vermelho vivo, geralmente os problemas estão na parte final do sistema digestivo do pet. Por ficarem mais próximas ao ânus do cachorro, o sangue oriundo dessas regiões conserva a cor vibrante mesmo ao aparecer misturado com as fezes. Na linguagem dos especialistas, esse tipo de fezes com sangue de cão é chamado de hematoquezia.

Por outro lado, quando o sangue está escuro, ele já passou pelo processo digestivo do cachorro. Por isso, costuma ter relação com os sangramentos nos estágios iniciais do sistema digestivo. Esse tipo de sangramento é chamado de melena.

Como você pode perceber, as características das fezes de cachorro com sangue podem ajudar o médico-veterinário a avaliar o que está acontecendo. Frequentemente essas situações requerem exames laboratoriais, além da análise clínica, para chegar a um diagnóstico preciso que irá embasar a recomendação do melhor tratamento.

Cocô com sangue de cachorro: características da hematoquezia

Cocô com sangue de cachorro: características da hematoquezia

Como você viu anteriormente, os cenários de um cachorro fazendo cocô com sangue vermelho apontam para doenças no fim do trato intestinal.

Nesse contexto, possíveis causas para sangue nas fezes do cachorro são: 

  • desequilíbrio na flora intestinal, conhecido como disbiose; 
  • infecções virais ou bacterianas; 
  • presença de parasitas como a giárdia; 
  • hemorroidas; 
  • intoxicações e alergias alimentares; 
  • tumores em locais como o reto e o cólon.

Cachorro defecando sangue escuro: as possíveis causas da melena

Cachorro defecando sangue escuro: as possíveis causas da melena

Comumente relacionada a problemas no início do sistema digestivo, a presença de sangue escuro nas fezes do cachorro tende a fazer também com que esse excremento possua consistência pegajosa e um odor bastante desagradável. É bem comum que o problema seja descrito como “cachorro com fezes gelatinosas com sangue”.

Dentre as doenças relacionadas a esse problema estão:

  • gastrite; 
  • doença renal crônica; 
  • doenças bacterianas e virais no estômago; 
  • parasitas intestinais; 
  • parasitas no sangue; 
  • tumor no início do trato intestinal.

Tanto no caso da melena quanto da hematoquezia, os possíveis motivos de um cachorro com diarreia com sangue são diversos. A presença de sangue vivo nas fezes pode, por exemplo, ser fruto apenas de uma fissura no reto do animal, ou seja, um problema com uma resolução relativamente simples.

É justamente isso que aumenta a importância de levar o animal para uma avaliação com o médico-veterinário. Afinal, não há como saber se o caso é grave ou não até que o pet passe pelo profissional de saúde para realizar um diagnóstico assertivo e indicar o tratamento mais adequado.

Doenças que podem explicar um cachorro que defeca sangue

Como vimos, existem muitas causas possíveis para explicar um cocô com sangue de cão, e o diagnóstico só pode ser feito pelo médico-veterinário. Além do exame na clínica ou no hospital veterinário, o profissional de saúde poderá requisitar exames de sangue, ultrassom, raio-X e outros.

Dentre as doenças mais comuns que podem explicar a presença de sangue nas fezes cachorro, podemos citar:

  • giardíase;
  • verminoses;
  • parvovirose;
  • tumor;
  • intoxicação e envenenamento (inclusive por plantas e alimentos impróprios);
  • fezes ressecadas;
  • tricobezoar (bolas de pelos);
  • corpo estranho (pontiagudo ou cortante);
  • doença do carrapato;
  • doenças nos fígados ou nos rins;
  • medicamentos inadequados para uso veterinário;
  • dietas inadequadas.

Tratamento e prevenção para sangue nas fezes do cachorro

O tratamento para sangue nas fezes do cachorro vai variar de acordo com as causas. Com relação à prevenção, os cuidados são basicamente os mesmos, e devem ser adotados para cachorros de todas as idades, portes e fases da vida. São eles:

  • garantir alimentação de qualidade em quantidades e frequência adequadas para o pet;
  • manter as vacinas em dia;
  • oferecer proteção contra parasitas internos e externos, de acordo com as orientações do médico-veterinário;
  • não dar alimentos de consumo humano para o cachorro, pois podem provocar intoxicação;
  • avaliar as plantas da casa, pois muitas são tóxicas para pets;
  • manter o bebedouro com água limpa e fresca durante todo o dia;
  • tomar cuidado com produtos de higiene, que podem ser ingeridos por acidente e causar danos sérios à saúde do cachorro;
  • não permitir que o cão tenha acesso a objetos cortantes e pontiagudos, especialmente no caso dos filhotes, que ainda não sabem o que podem ou não fazer.

Em adição a tudo isso, é muito importante, também, ficar atento a qualquer mudança no comportamento ou nos hábitos do cachorro. Assim você consegue agir o quanto antes e aumenta muito as chances de o seu pet se recuperar totalmente.

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário