Gastrite em cachorro: tudo o que você precisa saber

Compartilhar:


Cachorro sendo examinado
Saiba tudo sobre a gastrite em cachorros

Engana-se quem acredita que a gastrite em cachorro é uma doença rara. Afinal, infelizmente, ela é mais comum do que imaginamos. De modo geral, a gastrite canina é definida como uma inflamação na mucosa gástrica, localizada no estômago do nosso pet.

Dessa maneira, a gastrite em cães pode ser tanto aguda quanto crônica e gera grande desconforto gastrointestinal. Podendo, inclusive, causar reações mais severas, como vômitos e dores fortes no abdômen.

Não é fácil identificar quando cães estão com dor, principalmente quando a doença não é aparente. Descobrir os sintomas de gastrite em cachorro, por exemplo, é uma tarefa árdua e que só pode ser feita por um médico veterinário.

Por isso, diagnosticar com rapidez é a forma mais eficaz de tratar essa doença. O que somente um veterinário de confiança pode realizar indicando o tratamento mais adequado.

Confira a seguir o conteúdo elaborado pela equipe da Cobasi para você identificar com rapidez os sintomas da gastrite em cachorro e a melhor forma de preveni-la.

O que é a gastrite em cachorro?

A gastrite em cachorro é a inflamação da mucosa gástrica, ou seja, nas paredes do estômago do animal. Ela pode ser aguda ou crônica. As causas podem ser muitas! Desde alimentação inadequada – como restos do almoço dos tutores cheio de temperos –, passando por verminoses, ingestão de corpos estranhos ou substâncias tóxicas e até a presença de doenças metabólicas.

A doença a diagnosticada pelo veterinário com exame clínico e até realização de exames, como ultrassom e hemograma. Além disso, o veterinário conta com o tutor para relatar o histórico do animal e os sintomas apresentados.

Conheça as causas

A grande parte dos Profissionais concordam: não há uma única causa para a gastrite em cachorro. Assim, entre as principais causas da gastrite canina, é possível destacar:

  • doenças com origem metabólica;
  • lesões mecânicas originadas por corpo estranho no estômago;
  • elevação do cortisol no sangue;
  • verminoses;
  • entre outras causas.

Assim, como já mencionado anteriormente, há dois tipos de gastrite em cachorro, a crônica e a aguda. Com relação à gastrite aguda, ela acontece de forma repentina. Isto é, pode ter origem em fatores que geram agressão ao estômago durante as últimas horas. Por exemplo, quando o seu pet acaba ingerindo substâncias consideradas tóxicas ou mesmo corpos estranhos entre outros motivos.

Quanto à gastrite crônica, esta ocorre de modo periódico e pode ter a sua causa ligada a intolerância a algum tipo de alimento entre outras motivações.

Sintomas da gastrite em cachorro

Muitas vezes uma simples dor abdominal pode ser um dos sintomas de gastrite em cães. No entanto, isso é algo que só um veterinário poderá confirmar. Vale considerar, então, que os sintomas da gastrite em cachorro são bem comuns. Por isso, é comum que os tutores os confundam a gastrite em cachorro com outras doenças.

Além de muita dor, existem outros sintomas de gastrite em cachorro:

  • Prostração
  • Dor na região abdominal durante a palpação
  • Falta de apetite e redução no consumo de água
  • Rigidez do abdômen
  • Enjoos
  • Vômito
  • Salivação aumentada

O grande problema é que essa combinação de sintomas também pode ser comum em outras doenças e fica muito difícil saber exatamente o que o cãozinho tem. Ao procurar um médico veterinário, relate a alimentação do pet, se existe a possibilidade da ingestão de alguma substância tóxica ou algo que cause lesão mecânica no estômago.

Como descobrir

Para que as suspeitas da existência de gastrite em cachorro seja solucionada, é preciso procurar um médico veterinário. Isso porque, o doutor irá realizar não somente uma avaliação física por meio de exames clínicos, como também solicitar quando necessário exames laboratoriais.

Além disso, o veterinário irá levar em consideração todo o histórico de saúde do seu pet, o relacionando com os sintomas apresentados. Essa etapa inicial auxilia o veterinário a escolher os exames mais adequados para o diagnóstico.

Tratamento da gastrite em cachorro

Cachorro saudável só no veterinário
Cachorro saudável depois do veterinário

A partir do diagnóstico da gastrite, chegou a hora de você cuidar do seu amigão. Ou seja, se encaminhar para um médico veterinário. Afinal, esse profissional irá receitar o remédio para curar gastrite de cachorro mais adequado ao quadro de saúde do seu pet.

Fora isso, o veterinário irá indicar uma alimentação natural para cães com gastrite, incluindo ração para cachorro com gastrite. Assim, o mais importante é não se desesperar, procurar um veterinário o mais rápido possível e cuidar do seu bichinho de estimação.

Uma das causas da gastrite em cachorro é justamente a administração de medicamentos sem a indicação de um veterinário. Por isso, nem pense em medicar o seu pet antes de passar por consulta. O profissional poderá avaliar a causa e indicar o tratamento adequado para proteger a mucosa estomacal e reduzir a inflamação.

O tratamento deve ser feito de forma adequada para evitar a formação de úlceras.

Dor de estômago em gatos

Não são só os cães que podem apresentar sintomas de gastrite, mas os gatos também! A inflamação na mucosa do estômago pode acometer ambas as espécies e causar muita dor.

Os sintomas da gastrite em gatos são:

  • Apatia
  • Falta de apetite
  • Redução no consumo de água
  • Perda de peso
  • Vômitos
  • Rigidez e sensibilidade na região abdominal

Assim como nos cães, é fundamental que os tutores de gatos os levem para uma consulta veterinária quando perceberem que há algo errado. Apenas um profissional pode avaliar o animal, diagnosticar a doença e indicar o tratamento adequado.

Gostou desse post? Então, leia mais sobre em nosso blog:

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário