Verme em cachorro: doenças comuns e como proteger seu pet

Compartilhar:


vermes em cachorro

As verminoses, isto é, as doenças causadas por verme em cachorro, infelizmente são comuns no dia a dia dos animais de estimação, tanto gatos como cães. Por este motivo, é indispensável que os tutores sigam corretamente a sua carteira de vacinação e ainda saibam como prevenir o contato dos animais com esses parasitas

Entenda melhor sobre o assunto, as principais doenças causadas por vermes e tudo sobre o tratamento e prevenção destes eventuais problemas.

Por que verme em cachorro é perigoso?

No geral, qualquer problema que coloque a vida do seu pet em risco é sinal de perigo. No caso dos vermes, além de causarem desconfortos por conta dos seus sintomas, alguns são transmissíveis para os humanos. É importante ficar atento, pois são vários tipos de verme, desde aqueles que afetam o intestino até outros que vão até o pulmão, coração e região ocular.

Como saber se o cão está com verme?

A dica para descobrir se o seu cachorro está com parasitas intestinais ou em outro lugar do corpo é observar seu comportamento e também as fezes. Entre os principais sintomas de verme em cachorro estão:

  • Diarreia;
  • Vômito;
  • Perda de peso;
  • Falta de apetite;
  • Mudança na textura das fezes, inclusive os vermes podem estar visíveis;
  • Fraqueza por conta da anemia;
  • Apatia;
  • Sangue nas fezes;
  • Coceira na região íntima.

Por isso, caso perceba alguns desses sintomas no seu animal de estimação, procure um médico veterinário o quanto antes. Só um especialista poderá analisar o caso e identificar qual o melhor tratamento para o seu pet.

Sintomas de verme em cachorro filhote

verme em cachorro

“Meu filhote está com verme”, esta é uma frase pra lá de comum para tutores que estão com um pequeno em casa, pois eles estão com a imunidade baixa e acabam contraindo com facilidade. Sem contar que há chances de transmissão acontecer via leite materno.

É por isso que o vermífugo logo nos primeiros meses se torna importante. Assim você não coloca o organismo e nem a saúde do seu amigo em risco. Ainda na prevenção, o filhote deve ficar dentro de casa e longe de outros animais até concluir suas primeiras vacinas e a administração do remédio contra vermes.

Por fim, os principais sinais são praticamente os mesmos que se manifestam em um cão adulto, isto é, diarreia, fezes pastosas e com vermes, vômito e queda de pelo.

O que o verme pode causar no cachorro?

Entre os inúmeros parasitas que existem por aí, alguns são mais presentes e conhecidos. Confira os tipos de doenças de verme em cachorro mais comuns:

Toxocaríase

Uma das mais graves doenças causadas por vermes, a toxocaríase afeta os olhos, pulmões, fígado, rins e até o cérebro dos animais, ocasionando perda de peso, anemia e fraqueza excessiva.

Também conhecida como toxocara canis, a sua contaminação ocorre por meio de contato com fezes infectadas com os ovos do parasita. Outra maneira de transmissão é através da amamentação ou ainda a gestação da cadela. Essa é uma doença zoonose e, por isso, elas podem atingir seres humanos. 

Dipilidiose

A contaminação dessa doença acontece quando o animal ingere alguma pulga que está infectada. No organismo do animal, as larvas se instalam no intestino delgado e se proliferam. 

No caso da dipilidiose, não existem sintomas muito aparentes, além da diarreia, anorexia e, por consequência, a perda de peso. Um sintoma de destaque também é o prurido anal – quando o animal apresenta repetidamente o movimento de arrastar o bumbum no chão para coçar a região. Esta inclusive é uma doença que se observa por ser expelir um verme branco nas fezes do cachorro.

Verme do coração

O nome mais conhecido é este, mas a doença também é chamada de dirofilariose. O termo popular se refere ao progresso do parasita dentro do corpo do animal. Isso porque ele se aloja no coração.

Sua transmissão acontece pela picada de um mosquito infectado. Aliás, a proteção de pets que vivem perto do litoral deve ser ainda maior, pois estão em área propícia para a proliferação dos mosquitos. Sendo assim, o uso de repelentes deve ser constante e o tutor deve considerar uma coleira antipulgas também contra mosquitos.

Por fim, os vermes dessa doença, que chegam à fase adulta, causam graves problemas ao coração do bichinho, além de dificuldade para respirar, cansaço e tosse frequente.

Como tratar verme de cachorro?

A maioria das doenças parasitárias possuem um tratamento através de medicamentos disponíveis no mercado. O que é, sem dúvidas, é uma ótima notícia!

Para iniciar esse tratamento, no entanto, é indispensável a visita ao médico veterinário. Isso porque ele é o profissional qualificado para analisar cada caso e indicar a medicação correta para o seu pet. Por isso, caso seu animal de estimação esteja apresentando algum dos sintomas de verme em cachorro, já para o veterinário!

Qual é o melhor remédio para verme em cachorro?

Primeiramente, é importante compreender que as doenças parasitárias são muito comuns em animais domésticos, principalmente para os que seguem uma rotina de passeios externos em campos, jardins, canteiros, calçadas e entre outros locais. Isso porque, esses pets acabam ficando mais expostos a diferentes vírus que são transmitidos por contato direto.

Dessa forma,  para atuar na prevenção de um cachorro com verme, a vermifugação deve ser alvo de total atenção por parte dos tutores. É indispensável que os animais sejam vacinados corretamente, isso faz com que em casos de infecções, os vírus cheguem com menor força no organismo dos animais. 

Vale destacar também que muitas dessas doenças parasitárias são zoonoses, isto é, também podem ser transmitidas para os seres humanos. 

Gostou de aprender mais sobre saúde canina e como manter seu amigo de quatro patas longe dos vermes? Aproveite para escolher sua próxima leitura no blog da Cobasi:

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário