Sangue nas fezes do gato: o que pode ser?

Compartilhar:


sangue nas fezes do gato

Como tutores de felinos, é essencial prestar bastante atenção aos mínimos detalhes que podem indicar que a saúde do pet pode não estar indo tão bem. Alguns problemas contam com sintomas um pouco mais discretos, como, por exemplo, sangue nas fezes do gato. Portanto, é necessário ficar de olho até mesmo nos dejetos do seu bichinho.

Caso o seu pet esteja sofrendo com esse sintoma, é muito importante consultar um veterinário o mais rápido possível. Nenhum tipo de sangramento deve ser considerado normal. Por isso, assim que o problema for identificado, é preciso buscar ajuda.

O que pode causar sangue nas fezes do gato?

Segundo Marcelo Tacconi, médico-veterinário da Educação Corporativa Cobasi, há uma série de fatores que podem causar sangue nas fezes do gato. Entre eles, estão “verminoses, doenças intestinais, corpo estranho no trato gastrointestinal, traumas e até tumores”. 

“É muito importante entendermos que não é algo comum de acontecer, que existem várias causas e que é um sintoma muito grave”, informa o veterinário.

O pet pode apresentar outros sintomas?

Além do sangue nas fezes, os sintomas apresentados pelo pet irão variar de acordo com o causador do problema e, como vimos, estes podem ser diversos.

A colite em gatos, por exemplo, é uma inflamação na mucosa do cólon que causa alterações no intestino do pet. Junto ao sangue nas fezes, o felino pode apresentar sintomas como diarreia; vômitos; desidratação; diminuição da frequência da evacuação; entre outros sinais.

No caso de parasitas internos, além de apresentar sangue nos dejetos por conta da irritação no sistema digestório, o felino pode sofrer com outros sintomas. Entre eles, estão: falta de disposição e apetite; desidratação e perda de peso; inchaço e vermelhidão ao redor do ânus.

Já no caso de traumas, causados por acidentes ou pancadas, o gatinho pode acabar sofrendo de uma hemorragia interna. Nesses casos, o sangue será expelido junto com os dejetos do pet. Além disso, dependendo da gravidade do trauma, o felino pode apresentar inchaço no local, além de certa dificuldade para se locomover.

Qual é o tratamento?

sangue nas fezes do gato

Em primeiro lugar, é preciso obter um diagnóstico. A única maneira de garantir um tratamento eficiente é sabendo exatamente qual problema está causando o sangramento. Por isso, o tratamento pode variar desde vermífugos e antibióticos, até uma mudança na alimentação. Novamente, tudo irá depender da causa do problema. 

Segundo Marcelo Tacconi, “o mais indicado é levar o animal imediatamente ao médico-veterinário, que através de exames irá conseguir encontrar a causa e entrar rapidamente com o tratamento mais indicado”.

Ou seja, assim que identificar o sangramento, o tutor deve levar o gato com urgência ao veterinário. Isso porque, quanto mais rápido o problema for diagnosticado, mais eficiente será o tratamento. Além disso, também é extremamente importante não tentar medicar o gato com remédios para humanos ou caseiros, visto que isso pode agravar ainda mais o quadro do pet. 

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

1 Comentário

  1. Gustavo disse:

    Meu gato começou a soltar um pouco de sangue após defecar. Ele termina e segue fazendo força e daí pinga sangue. A princípio era um sangue vivo, agora é mais ralo, mas é sangue. Fiz ultrasson e deu uma leve alteração que a médica disse que podia ser alergia a ração. Troquei a ração para hipoalergenica, dei antimicrobiano, probiotico, fiz exame de fezes e deu negativo para parasitas, fez teste de five-felv e deu negativo. Durante o uso do medicamento não tem sangramento, mas ao parar de usar, volta o sangramento em alguns dias. Nem a médica entende o que pode ser e seguimos trocando ração e testando novos remédios, já que o antimicrobiano não pode ficar dando muito tempo.

Deixe o seu comentário