Sintomas de verme em cachorro: como identificar

Compartilhar:


Cachorro branco se coçando com por conta dos ácaros

As doenças causadas por parasitas, conhecidos como vermes, são muito comuns em cães e gatos. Por isso, saber os sintomas de verme em cachorro é essencial. Mesmo com tratamento preventivo para a doença, nem sempre é possível evitar a contaminação. Então, aqui a gente te explica como identificar a doença no seu animal e também como agir para aliviar o desconforto do seu pet.

Os vermes são parasitas que podem infectar seu pet e transmitir doenças graves. Eles são de diversos tipos, sendo os mais comuns: dirofilariose, toxocaríase, giardíase, ancilostomíase. Apesar de muita gente acreditar que só os filhotes podem ser infectados, animais adultos, principalmente os com acesso à rua, também estão sujeitos à doença.

Os tutores também devem ficar atentos, porque algumas espécies de vermes podem se desenvolver também nos humanos, se o pet estiver contaminado. Tratar dessas doenças nos animais, também é garantir a sua saúde e da sua família. Portanto, fique atento aos sinais e procure ajuda profissional sempre que perceber que alguma coisa não vai bem.

Há alguns sintomas característicos de verme, que podem variar de acordo com o tipo de verminose. Conheça os sinais mais comuns.

  • Diarreia 
  • Vômito
  • Sangue nas fezes
  • Pelagem rala, fraca
  • Desânimo, cansaço
  • Falta de apetite
  • Coceira na região anal
  • Nos casos mais graves, presença de verme nas fezes

Aqui, fica aquele alerta de sempre, independente do sintoma, não use soluções e medicamentos caseiros com o seu pet, nem o medique sem prescrição de um profissional. Por isso, procure a ajuda de um médico veterinário. 

Como proteger seu animal de doenças causadas pelos vermes

cachorro no veterinário

Os animais costumam ter contato com vermes durante os passeios, ao mexer em fezes de outros animais ou ainda pisando em locais contaminados. Essa é a forma mais comum de transmissão e pode ser evitada. Portanto, durante o passeio, fique de olho no seu pet e impeça sempre de lamber, farejar ou tocar em fezes de outros animais.

Da sua parte, é importante também recolher a sujeira deixada pelo seu pet – em casa ou na rua. Nos passeios, leve sempre um saquinho para recolher as fezes. Em casa, mantenha o ambiente que o animal vive sempre limpo, e inclua a higienização constante do local onde ele faz xixi e cocô. 

Regularmente, também é indicado o uso de vermífugos e antipulgas que podem livrar seu animal de estimação do mal estar e complicações causadas pelos vermes. Para te orientar nessa escolha, peça ajuda de um veterinário. A prescrição muda de acordo com peso e idade do animal

O diagnóstico da doença é confirmado por meio de exames laboratoriais, que são indicados pelo veterinário. Alguns exames são realizados de forma seriada, quando se coleta três amostras com intervalo de dias para evitar um resultado falso. Por isso, o tratamento indicado depende do tipo de verminose e o avanço da doença no animal.

Gostou da publicação? Separamos mais sobre o mundo pet para você:

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário