Uveite felina: Saiba o que é e como tratar seu gato

Compartilhar:


gato triste com uveite felina
Uveite felina é uma doença nos olhos dos gatos

A uveite felina é uma doença que afeta os olhos dos gatos de todas idades e raças. Ela é uma infecção do tecido do olho e que causa sintomas como dores, lacrimejamento e em casos mais graves a soltura da membrana ocular. Mas, não se preocupe, nós vamos explicar a doença e explicar como tratar o seu pet. Venha com a gente.

Uveite felina em gatos

A uveite felina em gatos recebe esse nome porque se trata de uma inflamação que afeta a região úvea, um tecido que faz parte da região interna dos olhos dos felinos. Esse tecido tem como função proteger o fluido intra ocular do pet.

Uveite felina: Sintomas e diagnóstico

A uveite felina pode acometer um ou os dois olhos do gato, dependendo da gravidade da doença. Esse tipo de inflamação nos olhos do gato pode levar o pet a lacrimejar, sentir dores e em, em um sintoma mais grave, soltar a membrana ocular do animal.  A doença normalmente é classificada como:

  • Uveíte felina posterior: É uma inflação na parte de trás do olho do pet, na coróide;
  • Panuveíte felina: Infecção no trato uveal;
  • Uveíte felina anterior: É a inflamação mais comum, afeta a região da íris do gato.

Os principais sintomas de que o seu gato sofre de Uveite felina e que é necessário uma visita urgente ao médico-veterinário de confiança são:

  • Olho do gato lacrimejando;
  • Dor;
  • Membrana do olho do gato aparecendo;
  • Fotofobia;
  • Vermelhidão;
  • Gato com olho remelando, com pus na região lacrimal ou nas pálpebras;
  • Espasmos ao piscar (blefarospasmo);

Uveite felina é contagiosa?

Não precisa se preocupar, a uveíte felina não é contagiosa aos humanos, nem para os demais felinos da casa. Porém, precisa de tratamento rápido para que não se transforme em uma infecção mais séria que pode causar problemas de visão ao pet como catarata e cegueira.

Como é o tratamento da uveite felina?

mulher fazendo carinho no gato
Uveite felina é uma inflamação de fácil tratamento.

O primeiro passo para o tratamento de uveite felina é o diagnóstico por parte do tutor. Ou seja, ao perceber algum dos sintomas relatados, o recomendado é procurar um médico-veterinário que poderá indicar qual dos tipos de tratamento é o mais indicado.

1. Tratamento específico

O tratamento específico para uveite de gato é feito com administração de corticoides e tem como objetivo recuperar o felino de vez da doença. O ideal é que ele seja feito juntamente com o tratamento paliativo, para evitar complicações para o animal.

2. Tratamento paliativo

O tratamento paliativo tem como característica diminuir os efeitos da uveite nos gatos como dores, inchaço e inflamações. Normalmente é feito com a administração de anti-inflamatórios. Com a soma das duas, o felino ficará saudável mais rapidamente.

É possível prevenir a uveite em gatos?

Como não se trata de uma doença contagiosa, não há um modo de prevenção. Porém, o tutor pode adotar algumas medidas para evitá-la. A primeira delas é manter a vacinação do gato sempre em dia, principalmente contra a FeLV. Outra medida, é usar da gatificação para que o animal não fuja para a rua e acabe sendo machucado por outros felinos.

Só aqui na Cobasi você encontra medicação para tratar uveite felina ou remédios para deixar a saúde do seu felino em dia sem precisar sair de casa. Confira as nossas promoções e condições especiais.

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário