Cachorro enrugado: conheça as principais raças

Compartilhar:


Cachorro enrugado

Para as pessoas, as rugas são sinais de envelhecimento. Por outro lado, para os cães, essas marcas podem ser características de algumas raças. Além disso, as rugas dão um aspecto ainda mais fofo a esses animais. Então, que tal vir com a gente conhecer os tipos de cachorro enrugado?

Nesta matéria, vamos te apresentar as principais raças de cães com essa característica. E mais, você ainda saberá um pouco sobre cada uma.

Raças de cachorro enrugado

Para aqueles que querem um cachorro mais diferente para chamar de amigo, os de pele enrugada podem ser uma boa opção. À primeira vista, parece que esses animais já estão com idade avançada. Porém, não se engane: as rugas são apenas o charme desses pets pelancudos.

Buldogue francês

Primeiramente, temos o buldogue francês. Considerado um cão de porte pequeno, esse pet enrugado chega a medir até 35 cm. Afinal, com seus 14 kg, ele se torna um ótimo bichinho para ambientes domésticos, além de serem bem companheiros.

No entanto, uma das características mais marcantes no buldogue francês são as suas rugas pelo corpo e também na face. Dessa forma, podemos considerar ele um típico cachorro de cara enrugada. Por isso, é normal ver as famosas marcas de expressão no rosto desse pet.

Se bem cuidado, o buldogue francês pode viver de 10 a 14 anos. Assim, sua companhia enrugada vai poder partilhar bons momentos ao seu lado.

Bullmastiff

Segundo, temos uma raça de cão de origem do Reino Unido. O bullmastiff é um pet conhecido pela cor preta do nariz e na região em torno dele. Podendo medir mais de 60 cm, esse cachorro também é identificado pela cor amarelo-ouro ou mais avermelhada do seu pelo.

Também é possível localizar facilmente as rugas do animal. Afinal, pela sua pele ser bem maleável, as dobrinhas pelo corpo do bullmastiff encantam a qualquer um.

E se você quer mais um motivo para ter um bullmastiff, saiba que esse pet é muito companheiro. Além disso, ele pode se tornar um ótimo cão de guarda e seu temperamento é tranquilo.

Mastim napolitano

Dando continuidade às raças de cachorros enrugados temos o mastim napolitano. Considerado um cão de porte grande, esse pet de até 70 cm é de origem italiana.

Em sua aparência, as dobras no corpo se destacam. No entanto, a face desse animal é bem surpreendente. Afinal, com os olhos afastados, seu rosto parece quase sumir entre as rugas.

O mastim napolitano pode ser encontrado nas cores preto, azul, marrom avermelhado ou castanho. Para quem deseja um cão protetor e que gosta de interação, essa raça pode se tornar seu melhor amigo.

Pug

Uma das raças de cães mais conhecidas entre os apaixonados por pet. Afinal, não tem como não ser reconhecido pelo pequeno porte do pug. Medindo até 36 cm, esse cachorro pode pesar até 8 kg. Podendo ser encontrado nas cores preto, fulvo e prateado, esse animal possui os pelos curtos e macios.

As rugas são outro diferencial no pug. Seu rosto apresenta dobrinhas, assim como algumas regiões do corpo.

Se já não bastasse a aparência fofa do pug, seu rabo é outro chamativo. Normalmente, essa região do animal é enrolada. Dessa forma, esse cão enrugado se torna muito querido.

Sharpei

Por fim, temos o sharpei como a raça de cachorro mais enrugado. Sim, além do rosto, também é possível encontrar as famosas dobrinhas pelo corpo do pet.

De origem chinesa, o sharpei pode pesar até 24 kg e medir cerca de 50 cm. Porém, seu médio porte não o impede de ser um cão bem carinhoso.

É possível encontrar essa raça de cachorro enrugado nas cores perto, creme, vermelho, fulvo e lilás. Porém, outra curiosidade em torno do sharpei é sua língua de tonalidade azul. No entanto, saiba que para ter esse cão e outros amigos enrugados, é preciso ter alguns cuidados específicos.

Cuidados com cachorro enrugado

Cachorro enrugado

Antes de tudo, tenha maior atenção à região das dobras do cachorro. Como as rugas costumam ser úmidas, elas podem se tornar um bom criador de bactérias e infecções.

Por isso, é importante ter bastante atenção à higiene do pet. Dê banhos no seu cachorro enrugado a partir das necessidades deles com produtos próprios para cães. No caso do sharpei, um banho por semana é suficiente.

Do mesmo modo, seque bem o animal, principalmente as áreas com rugas. Cheque se não ficaram resquícios de água na pele do seu pet.

Os exercícios também são importantes. Aposte em caminhadas ou mesmo brinquedos para cachorro. Assim, seu animal controla o peso, evitando problemas de saúde e aumento desnecessário das dobras.

Por último, cuide da alimentação do seu cachorro. Ofereça-lhe ração de qualidade e água. Assim, ele terá energia o suficiente para gastar durante o dia.

Mesmo que um cachorro enrugado possa ser muito fofo, o tutor precisa estar preparado para cuidar das exigências do animal. Então, pense bem antes de adotar um. Afinal, fazer o seu amigo se sentir bem e ter saúde é alegria na certa, ou nas rugas.

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário