Canis: saiba tudo sobre eles

Compartilhar:


cachorro canis

Você sabe o que significa canis? Canis diz respeito a um gênero da família Canidae, que inclui os cães, lobos, coiotes e chacais

Este gênero teve origem na América do Norte e atualmente se encontra em diversas regiões do mundo em estado selvagem, como na Ásia, Europa, Américas e até na região da Austrália e Nova Guiné. 

Em estado domesticado, os cães se tornaram os melhores amigos dos humanos e são encontrados na maioria das casas, em diversas regiões do planeta!

Espécies de canis


Ao falar de espécies de canis, é importante ressaltar que o número correto ainda é incerto. Por exemplo, Wozencraft lista 6 espécies, já Nowak, IUCN e Grzimek’s listam 7 espécies. 

Além disso, ainda há algumas discordâncias referentes a alguns animais. O Lobo-Guará, por exemplo, é um canídeo originário da América do Sul, no entanto, alguns estudos recentes mostram que este animal não se enquadra no gênero. 

As espécies contam com uma grande variedade de tamanhos e pesos, podendo variar do lobo com 75kg ao chacal, com 12 kg. Além disso, as colorações também podem ser variadas de acordo com cada espécie. 

Conheça algumas espécies

Quando falamos dessas espécies, não podemos esquecer que existiram milhares de espécies que viveram na era pré-histórica, no entanto, hoje em dia ainda podemos encontrar inúmeras espécies, inclusive, algumas delas bem próximas de nós

Canis lupus – Lobo

lobo canis

Também conhecido como Lobo Cinzento, com certeza todo mundo já ouviu falar desta espécie. Ele é considerado o maior animal da família canidae. Além disso, sua origem data da era do gelo, ou seja, ele é um ancestral bem antigo do cão doméstico

O lobo cinzento é muito semelhante ao Malamute do Alaska, inclusive, muitas pessoas podem até confundir as duas espécies, contudo, o lobo não é um animal que se adapta a uma vida domesticada. 

Canis lupus familiaris – Cão

Conhecido por ser o melhor amigo do homem, o cão também é da família dos canídeos, inclusive, é um parente distante dos lobos. Tão distante, que alguns cachorros, até hoje possuem alguns hábitos selvagens, como raspar o chão antes de deitar, fazer buracos na terra, uivar e até tentar esconder suas fezes.

Mas a principal diferença entre eles, é que com a domesticação dos lobos e com o passar do tempo, esses animais passaram a sofrer mutações genéticas para se adequar a vida com os humanos.

Com isso, foi possível criar inúmeras raças de cachorro, algumas que inclusive, quase nem possuem tantos traços dos seus ancestrais

Canis latrans – Coiote

coiote canis

Embora o nome deste animal seja Coiote, é comum encontrar biólogos e zoólogos chamando o animal de “Chacal Americano”. Isso acontece porque este membro da família canidae é muito encontrado na América do Norte e Central. 

O chacal é um animal solitário, costuma viver sozinho, contudo, podem conviver em pequenas matilhas eventualmente. Apesar de parecidos com os lobos, eles tem o porte menor e possuem orelhas maiores. 

Canis aureus – Chacal-dourado

chacal dourado

O chacal-dourado é outro animal que pode ser encontrado com nomenclaturas diferenciadas. Também conhecido como chacal-asiatico ou lobo da cana, este animal é muito comum nas regiões da Ásia e da África. 

Alguns estudos realizados pela IUCN mostram este animal como um possível parente do Lobo-Cinzento. Além disso, ele é um bicho que se adapta facilmente, podendo se alimentar de vários alimentos, como frutas e insetos. 

Eles são animais de pequeno porte, no entanto, costumam ser maiores do que as raposas e costumam ser mais sociáveis nas épocas de reprodução. Além disso, eles possuem uma vida solitária e não são adaptados a viver em matilhas.

Leia mais sobre pets em nosso blog:

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário