Como saber se o cachorro está com dor de dente, ouvido ou na coluna

1 de março de 2021

Cachorros, Saúde e Cuidados
como saber se o cachorro está com dor

Se os cachorros não conseguem se comunicar através da fala, como saber se o cachorro está com dor? Por mais desesperador que possa parecer a situação, os cães expressam desconforto através de diversas mudanças de comportamentos.

Conheça os sinais mais comuns que o seu cachorro está com dor, assim você consegue ajudá-lo e entender a raiz do problema.

Como saber se o cachorro está com dor

A personalidade de cada pet é única e todo tutor conhecer seu amigo, ou seja, se ele é um bichinho brincalhão e de uma hora para outra se torna apático, bom, algo está errado. 

Porém, tem como saber se o cachorro está com dor observando o comportamento do animal. Fique atento se ele estiver com um desses sinais de dor: 

  • Falta de apetite;
  • Semblante triste;
  • Isolado;
  • Encolhido e sonolência;
  • Mancando;
  • Respiração ofegante;
  • Lambidas em excesso;
  • Dorso comprimido.

Como saber se o cachorro está com dor de dente

Assim como nos humanos, perder o interesse pela comida pode significar que o cachorro está com dor na mandíbula ou nos dentes. Se mostrar apático, deixar de lado aquele ossinho que estava sempre roendo também são sinais clássicos que não está confortável com a mastigação.

Cachorro com dor na coluna

Um pet que para de andar, começa a mancar ou se espreguiçar mais que o normal está com problemas nas articulações, luxação ou dor na coluna. Se o seu bichinho apresentar este comportamento, procure um veterinário o mais rápido possível, pois o animal está com dor.

Como saber se o cachorro está com dor de ouvido

como saber se o cachorro está com dor de ouvido

Um cão com dor de ouvido vai chacoalhar a cabeça com frequência e coçar a orelha. Se o seu amigo estiver com estas mudanças de comportamento você perceberá, visto que a intensidade é grande e fica evidente que há um incômodo na região dos ouvidos.

Qual remédio dar para o cachorro com dor?

De forma alguma medique o seu pet sem consultar um profissional, os remédios para humanos possuem compostos que, às vezes, não podem ser ingeridos por um animal.

Caso perceba qualquer mudança nos hábitos do bichinho, leve-o ao veterinário para um exame clínico e prescrição dos medicamentos corretos para o tratamento da dor.

Pode dar dipirona para o cachorro?

A recomendação é não administrar nenhum remédio sem uma avaliação do veterinário. Pense que você pode estar escondendo um problema maior e este tipo de medicamento é pontual.

Toda medicação encontrada em farmácias comuns são desenvolvidas pensando no ser humano, por isso a opinião de um profissional que entende do organismo do seu pet é fundamental. Já imaginou se o seu amigo tem alguma reação ou alergia ao remédio? Pois é!

Estas são dicas de como saber que o cachorro está com dor, sinais claros que não podem ser deixados de lado pelo tutor, combinado? Por mais que o pet não possa verbalizar seu desconforto, ele comunica de outras formas que precisa de ajuda. 

Conheça o comportamento do seu amigo, e quando algo estiver diferente, você sabe que deve procurar um veterinário.

Quer ler mais conteúdos para cuidar da saúde do seu amigo? Temos ótimas sugestões para você: