Gato Angorá: manhoso, gentil e amigo dos reis

Compartilhar:


gato angorá

Um gatinho branco com pose de realeza e olhos vivos? É um Angorá! Essa raça de felinos é conhecida por sua postura imponente, seu jeito manhoso e energia, visto que adora brincadeiras e pular pela casa.

Por mais que quase tenha entrado em extinção no passado, hoje ele já se fortaleceu entre as raças de gato mais amadas no mundo. Saiba mais sobre o gato Angorá, sua personalidade e por que ele pode ser o companheiro ideal para você.

A história do Angorá e sua origem

Os primeiros relatos da raça são do século XV na Turquia e é de lá que vem seu segundo nome, também usado como apelido, Angorá Turco. Porém, foi só em XVII que eles chegaram à Europa através de um navegador que levou um casal para o continente. Desde então, o pet se tornou presença constante nos castelos dos reis e rainhas.

Como é ter um gato Angorá?

O felino se destaca por sua pelagem longa e branca que entra em contraste com seus olhos coloridos que estão sempre observando tudo ao seu redor. É comum um exemplar da raça nascer com heterocromia, condição que apresenta olhos de cores diferentes, e a surdez também é uma característica frequente nos gatos de pelo branco.

Por ser um animal astuto cheio de energia, o Angorá gosta de andar pela casa, pular em móveis e correr pelos ambientes, por isso uma dica é investir na gatificação da casa para enriquecer os espaços e deixar o pet à vontade com o lugar que vive.

Ademais, as brincadeiras são parte da rotina do bichinho, um bom arranhador e brinquedos de varinha são ótimas para entreter o pet. Aliás, esta é uma raça ótima para famílias que têm crianças!

Um pet que gosta de carinho e atenção

É claro que o felino tem a sua independência, que é característica presente nos gatos, mas um Angorá gosta de passar seu tempo com o dono, receber um afago e ficar sozinho não é seu forte.

Uma outra particularidade da raça é que eles podem ter uma personalidade difícil se ficarem com energia acumulada, então uma rotina de exercícios é fundamental.

Saúde de um gato Angorá

gato angorá

O gene recessivo formado pela combinação dos pelos brancos e olhos coloridos é o responsável pela possível surdez de um Angorá. Mas esta é uma alteração que não impacta na qualidade de vida do bichinho, que, aliás, pode viver de 12 a 18 anos.

Alguns problemas genéticos comuns no gato estão as doenças renais, ataxia, que é uma falta de coordenação motora e cardiomiopatia hipertrófica, uma disfunção no tamanho do coração do pet.

Por fim, os cuidados diários com o pelo longo do animal não podem ficar de lado, pois são eles que previnem a formação de nós. E para manter a pelagem bonita, o tutor deve investir em uma escova para gatos.

Uma outra qualidade do bichinho é que eles são bem amigáveis em relação à água, ou seja, o banho pode ser considerado em uma frequência mensal.

É isso! Se você está procurando por um gatinho com características diferentes, bem animado e extrovertido, o Angorá pode ser a companhia perfeita, afinal, ele vai te acompanhar na hora do cochilo e durante as brincadeiras do dia a dia.

Descubra mais sobre o incrível mundo dos gatinhos no blog Cobasi:

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário