Pode dar Bactrim para cachorro?

1 de abril de 2021

Cachorros
Pode dar Bactrim para cachorro?

A resposta mais curta para essa pergunta é não. Bactrim é um medicamento de uso humano, e pode haver riscos ao oferecer remédios que não sejam de uso veterinário para o seu cachorro.

Nesse artigo vamos falar mais sobre o Bactrim e que alternativas existem para cuidar da saúde do seu cachorro usando outros antibióticos mais apropriados.

O que é Bactrim e para que serve

Bactrim é um antibiótico de uso humano, muito conhecido por tratar uma grande variedade de infecções provocadas por bactérias que podem atacar o aparelho respiratório, gastrointestinal, urinário e também a pele.

Por ser um medicamento de amplo espectro, com valor de compra relativamente acessível, e fácil de ser encontrado em farmácias por todo o país, é muito comum que as pessoas utilizem Bactrim em seus cachorros mesmo quando não há nenhuma infecção bacteriana comprovada.

Perigos do uso de Bactrim e de outros medicamentos sem prescrição

Perigos do uso de Bactrim e de outros medicamentos sem prescrição no seu cachorro

Além do uso de antibióticos sem prescrição do médico veterinário representar um grande risco para a saúde do cachorro, o uso específico de Bactrim pode trazer ainda mais problemas, já que é um medicamento destinado ao uso por seres humanos. Seu cachorro pode até “parecer uma pessoa” de vez em quando, mas nossos organismos são muito diferentes e isso precisa ser levado em consideração.

Como sempre dizemos, você não deve oferecer nenhum tipo de medicamento ao seu cachorro sem que haja uma orientação do médico veterinário para isso. Essa recomendação vale para medicamentos de uso oral, sejam eles comprimidos ou solução, medicamentos injetáveis e também os de uso tópico, ou seja, os que são aplicados na pele ou nas mucosas do cachorro.

O médico veterinário é o profissional indicado para prescrever medicamentos próprios para cachorro pois, além dos remédios em si, ele vai indicar as doses, a duração do tratamento, os efeitos esperados ou adversos que podem acontecer e para os quais você precisa estar atento.

Não arrisque a saúde do seu cachorro medicando-o por conta própria. Procure um profissional!

Quais os riscos de oferecer Bactrim para cachorros

Quais os riscos de oferecer Bactrim para cachorros

O principal risco é não conseguir acertar na dosagem de Bactrim necessária para tratar a infecção que acomete o cão. Uma dose menor do que aquela de que o cachorro precisa não vai tratar a infecção, podendo também dar uma falsa impressão de que o tratamento está funcionando quando, na verdade, apenas as bactérias mais fraquinhas estão sendo eliminadas.

Com isso, após um tempo pode ser que você pare de medicar o cão, ainda que com o remédio errado, fazendo com que a infecção fique ainda mais forte.

Já uma dose de Bactrim maior do que a ideal para o cachorro pode provocar uma intoxicação, o que é grave e pode ser até fatal. Isso é comum em cães pequenos e mini, pois seu peso corporal é baixo e qualquer coisa além do ideal pode se tornar um problema. Mas não quer dizer que não aconteça também com cachorros grandes, então, fique atento!

É possível usar medicamentos para humanos em cachorros?

Sim, em alguns casos a substância de que é composta um medicamento humano pode ser utilizada, também, por cachorros. Mas atenção: esses casos são raros, e existem poucos remédios feitos para humanos que possam ser aplicados em pets sem que ofereçam riscos a eles, ou que os riscos sejam menores do que os benefícios esperados.

Esses remédios serão receitados pelo médico veterinário que faz acompanhamento do cachorro apenas quando for realmente necessário. Em todos os casos, você deve seguir as recomendações do médico, comprando e aplicando a medicação ao seu cachorro de acordo com o que foi indicado por ele.

Gostou do artigo? Confira mais alguns selecionados para você: