Gato anão: conheça os Munchkin

Compartilhar:


gato anão

Extremamente fofo e adorável, o chamado gato anão, cujo nome de raça é Munchkin, é constantemente comparado com os cachorros “salsichas” (Basset Hound ou Dachshund) devido ao seu tamanho e comprimento.

Foi em referência ao pequeno povo do País dos Munchkins, na obra “O Maravilhoso Mágico de Oz”, que essa raça felina ganhou o seu nome oficial e que se manteve até hoje.

É importante salientar que, ao mencionarmos a expressão “gato anão”, estamos falando de uma raça específica, e não de gatos com nanismo, com problemas ou de pequeno porte.

Confira abaixo tudo o que você precisa saber sobre os Munchkin, ou a raça de gatos anões. Boa leitura!

Principais características físicas do gato anão

Por causa de uma mutação genética, as pernas dos gatos Munchkin possuem aproximadamente um terço do tamanho padrão felino. 

O porte desses gatos varia entre pequeno e médio e eles possuem costas longas. Com pelagem felpuda de tamanho médio e coloração diversificada, pesam em torno de 5 kg.

Os gatos anões costumam ter rostos arredondados e olhos grandes. Os machos tendem a ser ligeiramente maiores do que as fêmeas e seu tempo de vida médio é de 13 a 15 anos.

Ter as patas traseiras um pouco mais longas do que as dianteiras também é outra característica relativamente comum entre os Munchkin, permitindo que eles sejam ágeis em corridas e também se apoiem na forma vertical como um hamster.

Todas essas peculiaridades fazem com que os gatos anões sejam notados como felinos de aparência única.

A história da raça Munchkin

Existe mais de um registro sobre a origem da raça do gato anão. Em 1944, um veterinário na Inglaterra documentou a existência de 4 gerações de gatos com as atuais características dos Munchkin.

Porém, após a Segunda Guerra Mundial, os descendentes felinos desapareceram.

A partir de 1950, há registros de gatos anões na Rússia e nos EUA. Este último local se consolidou como o berço contemporâneo dos Munchkin quando, em 1983, uma professora encontrou uma gata anã prenha, a adotou e continuou reproduzindo a linhagem a partir dos primeiros filhotes.

A raça Munchkin foi aceita e registrada oficialmente na TICA (The International Cat Association) em 1994.

Personalidade do gato anão

Os felinos da raça Munchkin são considerados dóceis, de temperamento amigável e extrovertidos. Por isso, são ótimas escolhas para famílias que já tenham outros animais ou crianças, pois os gatos anões adoram socializar e passar o tempo com os seus tutores.

Além disso, são muito inteligentes, curiosos e brincalhões. Correr livremente, fazer atividades com os tutores e ter brinquedos à sua disposição pode ser considerado um paraíso para esses gatinhos.

Cuidados específicos com o gato anão

gato anão

Os Munchkin não costumam demandar cuidados muito diferentes dos outros gatos.

Em relação à sua pelagem média, é recomendável que se crie uma rotina de escovação para evitar bolas de pelo e se mantenha a aparência saudável do bichinho.

Já no que diz respeito ao formato do corpo do gato anão, deve-se atentar a uma boa alimentação, com ração de qualidade e sem ingestão em excesso, pois o sobrepeso é prejudicial à coluna do animalzinho e deve ser evitado.

Por ser um gato muito ativo, a realização de check-in regulares no veterinário também é uma boa opção para prevenir desgastes e dores nas articulações.

Gostou de saber mais sobre a raça do gato anão? Confira então algumas curiosidades sobre gatos em outros posts do nosso blog: 

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário