Gato com gases: como resolver esse problema de vez?

Compartilhar:


Ver um gato com gases é algo natural. Afinal de contas, todo mamífero saudável solta as suas flatulências, pois no trato digestivo desses animais, inúmeras bactérias produzem muitos gases no processo de digestão.

Isso não é um problema. Porém, fique bastante atento se o seu gato apresentar barriga inchada, falta de apetite e gases barulhentos, pois podem ser sinais de que os gases estão prejudicando a saúde dele.

Veja neste texto as causas e os sintomas mais comuns em gatos com gases e como ajudá-los para que essa situação não se agrave ainda mais. Se seu gato precisa de ajuda, prossiga a leitura!

Gato com gases: principais causas

Antes de prosseguirmos sobre as principais causas de os gatos soltarem gases, em primeiro lugar é necessário afirmar que esse comportamento é normal quando se trata de animais mamíferos, por isso, não se assuste, pois o seu gato solta pum.

Isso porque durante o processo da alimentação, os felinos engolem muito ar e, por isso, muitos gases se acumulam no intestino. Rações com muita fibra, por exemplo, podem causar inchaço e acúmulo de gases em gatos.

Gatos soltam pum também de acordo com a velocidade com que eles se alimentam. Por comerem rápido, alguns felinos acabam ingerindo bastante ar. Uma dica para resolver essa questão é comprar comedouros lentos para o seu gato nas nossas lojas físicas ou online.

Apesar de essas causas aumentarem os gases em gatos, eles são comuns e ocasionalmente podem acontecer com o seu gato. No entanto, existem outros motivos com os quais você precisa ter atenção. Veja alguns a seguir.

  • Troca constante de ração do seu gato: os gatos podem sentir muito a troca da ração, tendo constantes gases no trato intestinal.
  • Ingestão de leites ou derivados: alguns gatos desenvolvem intolerância a lactose, mesmo que já tenham se alimentado de leite materno, quando filhotes.

Possíveis sintomas de gases em gatos

Um dos sintomas mais comuns em gato com gases é a barriga inchada, que acontece muito quando os felinos estão bastante ansiosos pela hora da refeição e passam intervalos muito longos sem comer.

Além disso, seu gato soltará gases muito fedidos, o que normalmente não acontece. Isso porque gatos mais saudáveis têm flatulências com pouco ou nenhum odor.

Outros sintomas recorrentes são a perda de peso e a de apetite. Como os gatos estão mais inchados, logo ficam mais indispostos para comer.

Com isso, até vômitos podem ser mais frequentes. Se perceber esses sintomas no seu gato, vá ao veterinário de sua confiança.

Como ajudar o seu gato com gases?

Para ajudar o seu gato com gases, você precisa primeiro checar com um veterinário se há alguma causa primária influenciando no aumento das flatulências.

Doenças inflamatórias, pancreatites, obstruções intestinais, vírus, bactérias e parasitas refletem na produção desses gases.

Por isso, não é bom se precipitar no diagnóstico. Analise a situação sempre acompanhado de um profissional, pois ele dará a você instruções valiosas para o bem-estar do seu animal.

Outra boa solução é ficar de olho na alimentação do seu gatinho, porque, sendo mais balanceada e com todos os nutrientes de que o seu felino precisa, dificilmente ele terá esse tipo de problema intestinal.

Assim, sempre verifique junto ao seu veterinário qual tipo de ração é ideal para o seu gato. Nas lojas físicas e online da Cobasi você pode encontrar uma grande variedade delas.

Como evitar gases em gatos?

Gato com gases

Agora, se você não quer que o seu gato tenha gases, precisa ficar atento aos hábitos do seu animal.

Por exemplo, se ele é muito ansioso por comida, como você viu acima, provavelmente é pelo fato de ele esperar por ela por longos períodos.

O que você pode fazer é reduzir esse tempo de espera, fazendo com que seu gato coma menos depressa e engula menos ar.

Além disso, brinque muito com o seu gato, pois isso o deixará menos estressado, favorecendo a não constipação do intestino do animal. Jogue muitas bolinhas para ele ficar gastar bastante energia procurando o brinquedo pela casa.

E você? Como já lidou com seus gatos com gases? Sentiu falta de alguma sugestão? Diga nos comentários o que você fez para contornar esse problema e leia mais artigos sobre felinos no blog:

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário