Gatos sentem falta dos donos? Entenda essa questão

Compartilhar:


Gatos sentem falta dos donos

Passar um tempo com seu gato é tudo de bom. Além de ser um pet silencioso, sua companhia é ótima para dias mais calmos. Porém, você já se perguntou se os gatos sentem falta dos donos?

Se essa é uma dúvida que você tem toda vez que precisa deixar seu gato sozinho para trabalhar ou fazer outra coisa, acompanhe o resto deste artigo para saber mais informações.

Gatos sentem saudade?

Se você fica preocupado ou até mesmo triste achando que ao sair, os gatos sentem falta dos donos, saiba que isso não é causado pela dependência emocional, mas sim pela sua companhia.

Os gatos não ficam tristes se passarem muito tempo longe dos tutores. Pelo contrário, ele é um pet que consegue se virar sozinho, não sendo necessários os cuidados constantes dos tutores.

Diferente dos cachorros que precisam dos tutores para alimentar eles, levar para passear ou até mesmo para se divertirem, os gatos são mais independentes.

Quando não encontram o que precisam dentro de casa, é normal que os gatos busquem comida fora da residência, além de se divertirem sozinhos e até mesmo “cuidam” das suas necessidades, enterrando elas.

Entretanto, mesmo que os gatos não sentem saudade excessiva dos tutores, saiba que isso não impede que seu felino não goste de você.

Como fazer meu gato gostar de mim?

Gatos sentem falta dos donos

Pelo seu tamanho e agilidade, é normal que alguns gatos possam gostar de passar um tempo fora de casa. Mas há algumas coisas que você pode fazer para fazer ele gostar mais de você e do tempo dentro de casa.

Uma boa dica é tratar bem seu gato. Ofereça a ele carinho e escove os pelos do seu gato. Desse modo, ele vai associar o tempo com você como algo prazeroso.

Caso perceba que seu gato ronrona perto de você e se ele te pede carinho, então você já está conquistando ele.

Ofereça a seu pet uma boa alimentação com ração e água, mas lembre-se de lavar bem o comedouro e bebedouro do gato. 

Petiscos também podem ser servidos para o pet, mas não exagere na quantidade para não causar sobrepeso no animal.

E o mais importante, respeite o espaço do gato. Se ele não quiser brincar ou interagir com você, deixe que seu pet descanse. Quando estiver se sentindo confortável, ele vai te procurar para receber carinho.

O que fazer para diminuir a solidão?

Agora que você sabe que gato triste e solidão não são sinônimos para seu pet, mas mesmo assim você se preocupa com o longo tempo que o felino passa sozinho, saiba que há algumas soluções.

Mesmo que sejam mais independentes, você pode cuidar para que seu gato possa aproveitar mais ainda o tempo dele sozinho e de forma segura.

Uma delas são os brinquedos interativos. Desenvolvido para cães que passam muito tempo sem a companhia dos tutores, esse tipo de brinquedo é uma ótima opção para os gatos também.

Outra solução que você tem à sua disposição são os produtos da linha Adaptil. Disponível em spray ou em refil, com o Adaptil você oferece um odor materno para seu animal. Ao aplicar ele em objetos utilizados pelo pet ou pela sua casa, você permite que o pet se sinta mais seguro e protegido no seu ambiente doméstico.

Além disso, com o uso do Adaptil, você pode utilizar esse produto em outras ocasiões como viagens longas de carro, visitas ao veterinário ou até mesmo outras situações que deixam o pet desconfortável.

Por isso, não se preocupe se o seu gato fica em casa muito tempo sozinho. Saiba que há diferentes objetos de interação e de conforto para que seu felino passe o dia em casa com segurança e diversão.

Viu que mesmo que sejam mais independentes, os gatos ainda precisam do seu amor e carinho para se sentirem confortáveis em um lar?

E se você tem uma paixão pelos pets felinos, separamos mais conteúdos sobre eles que podem te interessar:

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

Deixe o seu comentário