Dicas para realizar o adestramento de cães

6 de março de 2019

Adestramento de Animais

Sempre que se fala em adestramento de cães, já imaginamos cãozinho o realizando diversos truques. Porém, devemos pensar nesse processo de adestramento como etapas, e a primeira é no sentido comportamental do animal. Ou seja, fazer com que o cachorro consiga se comportar de uma maneira que seu tutor ache a mais correta. Exemplos: fazer a necessidades no lugar certo, não rasgar o sofá ou chinelo, etc… Assim, o adestramento poe ser entendido como uma forma de estabelecer canais de comunicação entre o cão e seu tutor.

A seguir vamos dar algumas dicas essenciais para o adestramento de cães. Coisas simples e fáceis de fazer, basta paciência, persistência e dedicação para deixar seu cãozinho mais educado

Quando começar o adestramento do seu cãozinho?

O ideal é desde filhote, pois o poder de associação dos comandos é melhor nessa fase. Lembrando que nada impede que cães já adultos possam ser adestrados. O que muda é justamente esse tempo de assimilação do comando.

Devemos destacar também que esse processo de aprendizagem depende de inúmeros fatores, como, a personalidade de cada animal. Por exemplo, algumas raças possuem uma facilidade maior de assimilar comandos, já outras não. Mas independente disso, sabemos que o tutor tem um grande papel nesse período de educação do bichinho de estimação. Sendo assim, o mais importante nesse processo é fazer com que o cachorro consiga compreender o que seu tutor deseja quanto ao comportamento desejado. E para cada tipo de comportamento desejado existe uma técnica e, também produtos que podem auxiliar nesse processo.

Como ensinar o cãozinho fazer as necessidades no local certo?

Como falamos, os filhotes têm um melhor poder de associação – aprendizagem mais rápida. Por este motivo é aconselhável ensinar o cãozinho a fazer as necessidades no local correto desde os primeiros dias no novo lar (isso vale para os cães adultos), porque ele ainda está conhecendo e se adaptando a nova casa.

Uma das primeiras coisas que devemos fazer para educar o cachorrinho a fazer suas necessidades no local correto é: determinar um local especifico, um cantinho no qual ele se sinta seguro, confiante e confortável.

Além disso, a superfície desse local tem que ser absorvente – cachorro não gosta de molhar a patinha – e sim, isso é algo importante nesse período de aprendizagem. Por isso, o mercado pet conta com diversos produtos que auxiliam, como, os tapetes higiênicos e gramas sintéticas, que absorvem a urina deixando a superfície sempre seca.

Após essas etapas (escolha do local e superfície) é fundamental o acompanhamento do tutor. Sempre direcionar o cãozinho a fazer o xixi e coco no lugar certo – sempre com reforço positivo (evite broncas, pois elas inibem o comportamento desejado). Como produto para auxiliar nessa educação sanitária, existem os atrativos sanitários, que tem como função atrair o cão a fazer suas necessidades no local certo.

Como ensinar seu cão a passear?

Sempre que os cães saem para passear na rua, são estimulados de diversas formas: cheiros, barulhos, passagem de pessoas, carros… sendo assim, eles acabam ficando bem eufóricos – dificultando a condução do tutor, ou em alguns casos inviabilizando passeio. Portanto, é interessante adestrar o cachorro para que possa se manter calmo, e não deixar essa euforia atrapalhar. Afinal de contas, o passeio é uma forma de aumentar essa relação entre cão e seu tutor, além disso, um cão com um bom comportamento social facilita na hora de leva-lo ao banho e tosa, veterinário e viagens.

Essa educação na hora do passeio começa dentro de casa, apresentando ao cachorro a coleira e guia (equipamentos para passeio), para que ele possa se familiarizar. Dessa forma, deixando o animal por alguns minutos com os equipamentos de passeio, apenas para ele não estranhar na hora do passeio de verdade. E aos poucos se aventurar nos passeios; à princípio passeios curtos, e conforme a adaptação do cachorro, ir ampliando essa área.

Um ponto importante nesse tipo de ensinamento é impedir que o cachorro puxe a guia desesperadamente – quando isso acontece, o cachorro nem consegue aproveitar o passeio. Para que isso não ocorra, uma dica é não ceder a vontade do animal – esse tipo de postura faz com que o cão entenda que seu tutor é o líder. Atualmente existem tipos de coleira ou peitoral que prometem diminuir esse tipo de postura do cão, são chamadas de coleira “cabresto”.

Ensine comandos básico ao seu cãozinho

Um dos primeiros comandos, senão o primeiro a ser ensinado ao seu cão, após ou durante os adestramentos sanitário e comportamental no passeio é o truque de sentar. Uma técnica muito aplicada pelos adestradores, é utilizar uma recompensa. Ela deve ser segurada acima da cabeça do animal e esperando que ele sente. Em cada acerto do comando o cãozinho deve ser recompensado.

adestramento-para-cães-blog-cobasi

Só lembrando que cada animalzinho possui um tempo de assimilação do comando diferente um do outro. Conforme ele vá subindo esse degrau de aprendizagem e assimilação, iremos ensinando novos truques – é interessante que ensinemos esses truques aos poucos, assim é mais fácil para o animal assimilar.

Importante é que esse animalzinho possa receber bastante amor e carinho, isso com certeza fará com que ele aprenda mais rápido e eficaz o que seu tutor deseja de seu comportamento. E lógico, para alcançar o êxito nesses ensinamentos deve-se ter também bastante disciplina; não basta ensinar uma vez e achar que já fez o papel de educador. É uma tarefa que exigirá muita atenção e tempo.

Você tem alguma dúvida sobre adestramento de cães? Escreva para nós nos comentários!

Autor: Claudio Soares (Educação Corporativa)