Dicas práticas para tratar pulgas no ambiente

13 de novembro de 2019

Cachorros, Gatos

Todo dono de cachorro ou gato sabe o aperto no coração que dá ver o pet se coçando. Sempre bate aquela dúvida: será que é pulga? Afinal, uma coceirinha aqui outra ali pode acontecer. Mas o problema é se seu pet está com pulgas, o que pode gerar além de desconforto para ele, bem provável que haja uma infestação na sua casa. Ou seja, hora de preparar o antipulgas para o pet sem esquecer do ambiente. Saiba abaixo como eliminar este parasita da sua casa.

Como saber se o pet está com pulgas?

Antes de mais nada, é preciso saber identificar os sinais de que seu pet tem pulgas. O animal é relativamente fácil de se ver, especialmente se seu pet tem pelo curto e/ou claro. As pulgas são do tamanho de uma cabeça de agulha, de cor preta-avermelhada. Como elas não gostam de luz, pode procurar na barriga do seu pet e especialmente nas dobras das patas. Além de encontrar o parasita em si, é possível que você veja a sujeira que elas deixam na pele do bicho infectado. São pequenos pontinhos pretos, as fezes das pulgas.

cachorro-com-pulgas-blog-cobasi

Uma vez determinado que seu pet tem pulgas, pode se preparar para tratar não só ele, mas também sua casa.

Antipulgas: Utilize para se livrar do parasita

Sem dúvida o primeiro passo é encontrar um bom antipulgas para seu pet. Existem dois tratamentos mais comuns: um oral e outro tópico, que se coloca sobre a pele do animal. O primeiro costuma ser melhor para prevenção. Já o segundo pode eliminar a maior parte das pulgas em questão de horas.

Além disso, existem opções naturais que você pode tentar. Por exemplo, um bom banho com shampoo seguido de um condicionador que contenha vinagre de maçã orgânico. Por fim, penteie seu cão usando uma escova própria para remoção de pulgas. De qualquer forma, o melhor tratamento ou remédio para pulgas vai ser aquele que você escolher junto do seu veterinário, então não deixe de marcar uma consulta.

Como se livrar de pulgas em casa

Uma infestação de pulgas em casa é certamente um problema chato. Isso porque esses animais se multiplicam em tempo recorde e se escondem nos cantos mais escuros e inacessíveis. Como são muito pequenos, um esconderijo favorito são as fibras e espacinhos dentro de tapetes, por exemplo.

Para se livrar, o primeiro passo é todos os pertences do pet. Especialmente caminhas, paninhos e roupas. Se puder colocar todas essas coisas para secar em uma máquina secadora, melhor. Passe aspirador de pó na casa e adquira o hábito de aspirar a casa (principalmente os tapetes) com frequência. Assim, você evita que uma infestação aconteça novamente. Mas atenção: não se esqueça de jogar fora o saco do aspirador, ou de limpá-lo e se livrar imediatamente do conteúdo. Afinal, as pulgas não morrem quando são aspiradas e você não quer correr o risco de elas saírem do seu aspirador e voltarem para seus esconderijos, não é mesmo?

Utilize produtos indicados para eliminação das pulgas como: Botox, Desinfetantes com ação germicida como o Hysteril ou também os inseticidas como K-Otrine CE ou K-Otrine SC. Nestes, é importantíssimo seguir as instruções do fabricante ou a bula do produto.

Outra boa maneira de se livrar desses parasitas é fazer limpezas com vapor. Isso porque a temperatura altíssima do vapor age como uma antipulgas natural.

Outra solução menos tóxica é colocar terra de diatomáceas, ou diatomito, tanto no seu jardim como nos carpetes. Esse produto também funciona como um antipulgas natural, só tome cuidado para utilizar a versão específica para jardins e não tóxica, não a versão utilizada em piscinas.