Fezes preta de cachorro: veja o que isso pode significar

Compartilhar:


Os pets não possuem a capacidade de comunicar com clareza como estão se sentindo fisicamente. Por conta disso, a observação de suas fezes e urina passa a ser uma aliada importante no cuidado diário do tutor. Um dos principais exemplos da importância dessa atitude está nos possíveis indicativos dados pela aparição de fezes preta cachorro no cotidiano do animal.

A aparência das fezes pode variar conforme o tipo de alimentação que compõe a dieta de gatos e cachorros. Ainda assim, sua forma mais comum se constitui em um formato de charuto de coloração composta por tons amarronzados.

A presença de alterações bruscas na forma ou na cor do cocô do pet pode, portanto, indicar alguma anormalidade no funcionamento de seu organismo. Em alguns casos, pode até mesmo indicar uma doença grave.

Essas possibilidades reforçam a importância do tutor levar seu amigo para uma consulta com o especialista assim que notar essas mudanças.

Nesse contexto, embora qualquer anomalia no excremento do animal deva ser investigada, a presença de fezes preta e seus possíveis significados em relação ao estado de saúde do animal merece uma atenção especial e uma postura de maior urgência.

Fezes preta pode significar presença de sangue

A presença de fezes preta é responsável por acender um alerta importante nos especialistas quanto a possibilidade da existência de um sangramento no sistema gastrointestinal do animal.

É importante salientar que a cor, por si só, não deve ser tratada como elemento conclusivo de diagnóstico por parte do tutor. Nem mesmo o especialista irá, aliás, tirar qualquer tipo de conclusão com base no aspecto visual das fezes.

Ao notar que o animal está evacuando um material de cor escura, o veterinário irá, na maioria dos casos, solicitar exames auxiliares para uma investigação assertiva de um possível problema.

Dentre as possibilidades indicadas por fezes preta estão: a ocorrência de inflamação no intestino grosso do animal e a presença de úlcera gástrica ou duodenal.

Essas enfermidades representam um alto risco, já que podem perfurar e causar quadros de hemorragias graves.

Mesmo em casos em que não representa risco dramáticos de vida para o animal, a perda de sangue pela via excretora já pode ser prejudicar sua qualidade de vida. Uma de suas causas diretas é, por exemplo, a criação de quadros de anemia.

Cuidados e tratamentos contra doenças do sistema gastrointestinal

Como você viu até aqui, a presença persistente de fezes preta no cotidiano de seu pet pode ser um indicativo de problemas em seu sistema gastrointestinal.

Para evitar que essas doenças venham incomodar a saúde do seu bichinho, é importante que o tutor esteja sempre atento para seguir as recomendações de um profissional veterinário de sua confiança. Além disso é importante estar ligado aos principais fatores de risco de danos a essa área tão sensível dos pets.

Inflamações no intestino grosso como a colite, por exemplo, costumam advir de fatores como a ingestão de alimentos estragados ou de objetos não-comestíveis. A intolerância a algum dos ingredientes da ração ou ainda a infecção por parasitas também são alguns fatores.

Já no caso das úlceras, é importante estar atento à sensibilidade que o estômago de gatos e cachorros possui ao uso de anti-inflamatórios, medicamentos que podem ter como efeito colateral o bloqueio da capacidade do organismo proteger a parede do estômago e, por isso, se constituem em uma das principais causas de úlceras nesses animais.

Quer saber mais sobre cuidados importantes com seu pet? Veja outros postado nosso blog

| Atualizada em

Por Cobasi

Compartilhar:

Você pode gostar de ver também…

8 Comentários

  1. CARLOS ANTONIO SANTANA disse:

    ME FOI ÚTIL ESSAS INFORMAÇÕES. GOSTARIA DE MANTER O CONTATO, PARA VER ALGUNS PROBLEMINHAS COMUNS. GOSTARIA DE SABER DO SURGIMENTO DE DOENÇAS EM FÊMEAS NÃO CASTRADAS QUE, NÃO TEM VIDA SEXUAL ATIV.

    • Cobasi disse:

      Oi Carlos, como vai? Após a castração existem vários assuntos como cuidado após, vantagem e desvantagens entre outro pontos. Para você ficar ciente de todos os tópicos, deixarei aqui conteúdos que podem te auxiliar!

  2. Débora disse:

    O meu cachorro esta com o coco preto o que eu poço da pra ele neste caso me ajuda obrigada

    • Cobasi disse:

      Oi Débora, como vai? O melhor caminho é mesmo procurar um médico-veterinário, pois é necessário avaliar o cão de perto. Quer uma dica? Tire foto das fezes e mostre ao veterinário. Isso poderá ajudá-lo a realizar o diagnóstico. =)

  3. Maria eduarda disse:

    Meu cahorro ta fazendo as fezes dele preta tou ficano comedo de perdelo ou que fique doente

    • Cobasi disse:

      Oi Maria, como vai? O melhor caminho é mesmo procurar um médico-veterinário, pois é necessário avaliar o cão de perto. Quer uma dica? Tire foto das fezes e mostre ao veterinário. Isso poderá ajudá-lo a realizar o diagnóstico. =)

  4. Isabel disse:

    Olá boa tarde o meu cão e raça pequena tani 4 anos e não come nada sou bebé água e começou a fazer cocó prato o que faço ?

Deixe o seu comentário